Natação: 5 conselhos e exercícios para progredir a dois

Eis os exercícios educativos de natação em pares para potenciares a sua evolução!

casal namorados na piscina

Nadar na piscina sozinho é bom. A dois é melhor, sobretudo se queres aproveitar para progredir em dupla e motivação mútua. E porque não desafiar-te? 

Para evitar a monotonia com o teu parceiro na piscina, preparamos 5 conselhos e exercícios para melhorar a tua técnica ou reforçar os músculos!

Conselho n°1: desenvolver o sentido de observação

Ao nadar sozinho(a) na piscina, nem sempre é fácil perceber se os gestos estão corretos ou se cada movimento das pernas ou dos braços é devidamente simétrico.

A vantagem de um parceiro é que ele pode conferir os teus movimentos de tesoura em bruços ou as tuas trações no crawl. Assim sendo, o melhor é usares e abusares desta vantagem.

Um primeiro conselho, bastante evidente mas do qual nem sempre nos lembramos: posicionar-nos à beira da piscina para observar os movimentos do parceiro. Funciona com todos os exercícios educativos. Naturalmente, é preciso alternar para evitar a monotonia.

pessoas na piscina com barbatanas

Conselho n°2: desafiares-te na piscina

Este conselho é quase um convite às memórias de infância.

Para simplificar: trata-se de fazer uma corrida, de desafiares o(a) parceiro(a) sem atrapalhar os outros nadadores, mas isto nem preciso dizer certo?

É uma boa ideia porque alguns exercícios educativos são mais eficazes quando nadas depressa. Em alguns casos, quanto mais rápido nadares, mais irás reforçar os músculos. Mais ainda se usares barbatanas ou palas de natação.

Nada melhor do que um pequeno desafio para te superares ;-)

Natação: o desafio a 2

Exercício n°1: foco nos braços ou nas pernas no crawl

Material: nenhum, eventualmente palas de natação ou barbatanas. Apenas tens de garantir que são duas pessoas!

Desenvolvimento do exercício: a dois na linha de água, façam 4 voltas de 25 metros. Um dos dois deve nadar apenas com as pernas e o outro com os braços.

Descansem 30 segundos entre cada volta e alternem os movimentos de braços e pernas.

Para acrescentar alguma resistência, podem optar por nadar com acessórios.

Objetivo do exercício: aperfeiçoar o teu crawl concentrando-te nas trações ou nos movimentos das pernas.

Também reforçam os músculos se nadarem com acessórios.

pessoas na piscinacom acessórios

Exercício n°2: trações para fortalecer os braços

Material: nenhum. Eventualmente um pullbuoy.

Desenvolvimento do exercício: posicionem-se um atrás do outro. O que fica atrás segura os pés do da frente. O nadador posicionado à frente traciona o outro avançando apenas com recurso aos braços.

A vantagem: um pullbuoy para flutuar melhor e para não ter a tentação de solicitar as pernas!

Façam 8 voltas de 25 metros, um de cada vez.

Descansem 30 segundos entre cada volta.

Objetivo do exercício: fortalecer os músculos dos braços. É ainda mais eficiente com palas de natação.

homem com palas e pullbuoy

Exercício n°3: mais resistência para fortalecer os músculos das pernas

Material: uma prancha, nada mais.

Desenvolvimento do exercício: posicionem-se um atrás do outro. O(A) nadador(a) posicionado(a) à frente tem os braços esticados na prancha. Não são solicitados durante o exercício. O(A) nadador(a) que está atrás deve agarrar os pés do da frente e empurrá-lo nadando em crawl apenas com as pernas.

Façam 8 voltas de 25 metros, um de cada vez.

Descansem 30 segundos entre cada volta.

Podem obter ajuda acrescentando uma prancha ou um pullbuoy ao nível das pernas para melhorar a flutuabilidade do nadador à frente.

Objetivo do exercício: fortalecer os músculos das pernas graças ao trabalho de resistência. Para melhores resultados, recorram às barbatanas!

pessoasna piscina com barbatanas e prancha

Observar a técnica do parceiro, desafiar-te ou fazer alguns exercícios a dois para fortalecer os músculos e aperfeiçoar a técnica, tens muito com que te ocupares nas próximas sessões a dois na piscina ;-)

Estes conselhos podem ser do seu interesse: