Nadar em águas abertas no Algarve, Portugal

Nadar em águas abertas no algarve, portugal

Descobre um excelente local de prática em Portugal para a natação em águas abertas, o Algarve.

Algarve: descobre-o a nadar

No Algarve podemos encontrar algumas das praias mais impressionantes do mundo, muitas delas reconhecidas com a “Bandeira Azul”, que atesta a qualidade dos cerca de 200 quilómetros da sua linha costeira.

Enseadas, falésias, grutas, praias rochosas e amplos areais, afiguram-se como atrações naturais, banhadas por águas límpidas, tépidas e tranquilas durante grande parte do ano.

Aqui, todo o tipo de nadadores encontra diversas opções para nadar, desde os mais aventureiros, que podem viver autênticas experiências, passando por grutas, arcos naturais e arribas; aos mais iniciantes, que encontram na região sul de Portugal, praias tranquilas para dar as primeiras braçadas.

Sou iniciante, onde devo começar?

Os nadadores que se estão a iniciar nas águas abertas, encontram nas grandes baías e nas praias vigiadas locais indicados para uma estreia.

São vários os fins de semana onde estes podem encontrar um mar tipicamente calmo e sem ondas, o que constitui condições propícias à prática de natação.

Manta Rota, Barril, Rocha Baixinha, Praia da Rocha ou Meia Praia são alguns dos locais que aconselhamos para nadar em águas abertas.

E as verdadeiras aventuras?

Quem já experimentou nadar fora de piscina, sabe que é para lá da praia que a verdadeira aventura começa!

Com o nosso parceiro  SwimTogether poderá fazer viver experiências de nado impossíveis de esquecer, explorando alguns dos lugares de maior beleza da costa do Algarve.

Visitar o Algar de Benagil , passar debaixo do Arco de Albandeira, nadar ao longo das Falésias dos Sete Vales Suspensos, as Grutas da Ponta da Piedade são apenas algumas das experiências que poderá ter.

Os guias da SwimTogether, experientes e conhecedores da região, irão acompanhá-lo ao longo de todo percurso.

Que cuidados devo ter?

Apesar de se fazer águas abertas em locais aparentemente calmos, este desporto deve ser considerado como uma atividade de risco e imprevisível.
Por isso, deixamos 8 recomendações para nadar no mar em segurança:

- Compreenda o efeito do tempo e das marés, já que o clima afeta o mar de forma diferente, em função da sua localização. O ideal é procurar nadar nas horas das marés “mortas”, onde a sua influência é inexistente ou mínima. No caso de avisos meteorológicos, como forte agitação marítima ou vento médio a forte, não entre no mar.

- Esteja atento a agueiros! A maioria das praias que recomendamos não apresenta, com frequência, agueiros (correntes geradas perpendicularmente à costa, cuja tendência é arrastar o nadador, frequentemente desprevenido, para zonas afastadas e mais profundas da praia). Contudo, deve sempre procurar informar-se junto de nadadores ou pescadores locais sobre a existência destes acontecimentos. No caso de ser apanhado num agueiro, deve procurar acalmar-se e nadar paralelamente à praia até a corrente perder a força. Provavelmente, numa fase inicial, a tendência será afastar-se, mas depois de sair da corrente pode voltar a aproximar-se da linha costeira.

- Nade sempre acompanhado. Esta é a regra mais importante da natação de águas abertas. Se não tiver ninguém que nade consigo, deve procurar ter alguém em terra, que possa estar de olho em si e intervenha, em caso de necessidade. Durante a época balnear, aconselhamos que nade sempre em praias vigiadas e que alerte o nadador-salvador acerca do treino e percurso que irá fazer.

- Seja visível. A visibilidade é um ponto de segurança de extrema importância. Para isso, aconselhamos que se faça acompanhar de uma touca colorida (cor-de-rosa, cor-de-laranja, amarelo, ou verde fluorescente são as cores mais visíveis na água), de uma bóia de sinalização (tipicamente cor-de-laranja, amarelo ou cor-de-rosa). A bóia de sinalização para além de ser um acessório que lhe concede visibilidade, permite também que se agarra à mesma para descansar, ou para arrumar algum material de treino, alguns objetivos pessoais, ou comida e bebida de treino.

- Nade paralelamente à costa. Independentemente da sua experiência esta é a opção mais segura, já que o torna mais visível, reduz a probabilidade de encontrar embarcações, facilita a navegação, e fica sempre próximo de pontos de saída de água.

- Respeite a vida selvagem. Ao nadar no mar deverá estar ciente que o encontro com espécies marinhas, como alforrecas, cardumes, ou até mesmo golfinhos, é frequente. Estes são animais que se encontram no seu habital natural, pelo que não deve perturbar o seu espaço, mas sim apreciá-los. Interaja naturalmente, caso venham ter consigo. Acredite que não se irá arrepender.

- Não deixe vestígios ou lixo. Nunca interfira no ecossistema. Regresse a casa com todo o material com que chegou. Se poder, venha sempre acompanhado por algum lixo que conseguir recolher, quer no mar, recolhendo-o para a sua bóia, quer na praia. Não deixe restos de comida.

- Respeite o mar, conheça os seus próprios limites e ouça os conselhos dos que conhecem o local melhor que você.

Se és daqueles que gostas de nadar em águas abertas ou pretendes iniciares-te na modalidade, experimenta com a SwimTogether .

Mais conselhos...

nade-livremente-como-a-água

Nade livre como a água

Está aborrecido? A NABAIJI leva-o a descobrir o fabuloso mundo da natação em águas abertas!
pessoas encher bóias natação águas abertas

Plano de Treino Iniciação Águas Abertas

Nadar em Águas Abertas sendo o objetivo de conseguir transferir todas as competências adquiridas na piscina para um novo ambiente: mar, rio, albufeira ou lago.
top-3-dos-melhores-locais-para-nadar

Top 3 dos melhores locais para nadar

Optou pela natação neste regresso à rotina e procura locais onde possa nadar?A Nabaiji ajuda-o a escolher [...]
treino-água-abertas

Treinos para natação em águas abertas

Giuliana da Nabaiji e Igor, dois grandes nomes da natação em águas abertas, propõem-lhe sessões para prepará-lo a enfrentar os elementos.
5 benefícios físicos da natação no mar

5 benefícios físicos da natação no mar

Natação no mar: 5 benefícios físicos que deverão convencê-lo a praticá-la. Ou a continuar!