escalador a dar segurança

Técnicas de segurança e rapel para escalada e alpinismo

Na escalada tal como no alpinismo, o encordoamento é feito diretamente sobre o arnês. Na verdade é proibido de encordar através de um mosquetão. O pequeno eixo do mosquetão é menos resistente e se, por azar, ocorrer uma queda grande sobre este eixo, a probabilidade da quebra deste último é grande.

Como encordoar?

O encordoamento faz-se simplesmente ligando a corda ao arnês com um nó duplo de oito.Como este:

Num arnês com uma argola de segurança e dois pontos de encordoamento, é essencial efetuar o nó nos 2 pontos de encordoamento.

Na verdade, apesar da argola de segurança ser o elemento do arnês que pode suportar a maior carga (25 kN), os pontos de encordoamento são reforçados contra a fricção da corda, ao contrário da argola

Nos arneses que têm um ponto de encordoamento simples, a corda liga-se nesse ponto.

ATENÇÃO: efetuar sempre o encordoamento sobre o ou os ponto(s) de encordoamento do arnês, nunca sobre o cinto ou sobre o porta-material. Este aviso é válido sobretudo para as crianças.

nó de 8
Escalada e alpinismo: as técnicas de segurança e de rapel

As diferentes técnicas de segurança

escalada em top rope

Esta técnica consiste em subir com uma corda simples previamente colocada no topo da via. O escalador efetua o encordoamento sobre uma haste e o assegurador coloca o sistema de segurança sobre a outra haste. O assegurador só tem de manter a corda esticada à medida que o escalador progride. Quando este termina a via, o assegurador faz descê-lo até ao chão.

O «top-rope» é uma das técnicas de escalada utilizada indoor e na aprendizagem da escalada.
É muito segura porque não há queda, sendo a corda sempre esticada, ou quase.

Escalada e alpinismo: as técnicas de segurança e de rapel

Escalada à frente

A escalada à frente consiste em escalar uma rocha, falésia...sem que a corda esteja presa no topo da via. É portanto necessário proteger-se à medida que se sobe. Ao chegar a um ponto de amarração na rocha, o escalador coloca uma fita expresso e passa logo a corda pelo outro mosquetão da fita expresso.
Estes pontos de proteção estão previamente instalados (rocha equipada) ou colocados pelo escalador (entalador, pitons, …). Caso se solte, a última fita expresso colocada detém a queda do escalador à frente (primeiro da corda).
Ao contrário do top rope onde o assegurador vai esticando a corda, neste caso deve deixar a corda fluir no sistema de segurança para que não incomode o escalador na sua progressão.
No fim da via, o escalador segura-se e instala um relé. Poderá então dar segurança ao segundo (que era o assegurador durante a ascensão do primeiro). O segundo recupera as fitas expresso (e os entaladores caso utilização de proteção) e reúne-se com o primeiro em relé.
Geralmente, a fim de evitar a manipulação de cordas e a transferência de equipamento de progressão, o segundo escalador sobe primeiro na via seguinte e assim por diante.

escalada-relé-simond

Relé nas ancoragens

O relé é uma etapa, no meio ou no topo de uma via, constituído por várias ancoragens unidas entre elas. Nas vias com vários comprimentos, a progressão efetua-se de relé em relé. O primeiro escalador atinge o relé, e espera pelo segundo, que prossegue em primeiro a partir deste relé para atingir o seguinte e assim sucessivamente.

O relé tem sempre no mínimo 2 pontos, unidos entre eles por uma ou mais sangles ou cordas finas.O ângulo formado pelas sangles deve ser o mais pequeno possível, de forma a reduzir a força de tração sobre as ancoragens.

As ancoragens do relé sobre rocha equipada já se encontram instaladas, basta colocar a sangle de forma a poder assegurar o segundo escalador.

Em rocha não equipada, as ancoragens devem ser instaladas.Serão pitons, entaladores, pitons de gelo (no caso do alpinismo), por vezes uma ponta da rocha ou uma árvore. Em todos os casos, a prudência é essencial.E é melhor não se cingir às duas ancoragens recomendadas como um mínimo. Uma terceira é sempre bem-vinda de forma a aumentar a proteção do relé.

rapel-escalada

Descida em rapel

A descida em rapel consiste em passar uma corda até ao meio através das argolas de rapel no topo de uma via e lançar no vazio as duas hastes da corda.Depois descer ao longa da parede com a ajuda do descensor .Ao chegar ao relé inferior, ou ao chão, basta puxar sobre a haste para recuperar a corda.Daí o nome rapel.

ATENÇÃO: É importante manter-se vigilante e organizado no manuseamento das cordas. Infelizmente, a maioria dos acidentes na escalada ocorre durante o rapel.

Não esquecer quando "rapelares"

Quando fazemos uma descida em rapel, devemos utilizar uma segunda segurança, como por exemplo um nó de bloqueante de modo que se largarmos as cordas ele nos bloquear no sitio onde estamos.

Escalada e alpinismo: as técnicas de segurança e de rapel

Onde aprender mais

Descobre alguns locais para praticar escalada em Portugal com bons instrutores para te explicarem o mundo da escalada e atreve-te a experimentar este desporto vertical.

Escalada e alpinismo: as técnicas de segurança e de rapel

Mais conselhos para a escalada

escaladores em bloco no ginasio

O glossário de escalada

« Escorreguei de cabeça numa reglete e levei uma pancada no crux » esta frase ainda lhe parece estranha? É por pouco tempo: preparámos-lhe um glossário de palavras que deve conhecer para progredir na escalada.
TOP 6 DOS NÓS MAIS ÚTEIS EM ESCALADA E ALPINISMO

TOP 6 DOS NÓS MAIS ÚTEIS EM ESCALADA E ALPINISMO

Nós de encordoamento, nós de ancoragem... Tutorial ilustrado para treinar com toda a segurança!
Como escolher um acessório para cordas de Escalada ou de Alpinsimo?

Como escolher um acessório para cordas de Escalada ou de Alpinismo?

Cordas finas, guias, passadores, etc, estes acessórios têm finalidades muito específicas.
escaladores na falesia

Como escolher a corda de escalada ou alpinismo

Comprimento, diâmetro, tratamento... Ao escolher a corda mais adequada à tua prática, estarás a garantir a tua segurança e a evitar um desgaste prematuro. Damos-te algumas orientações!
Como escolher um mosquetão de Escalada ou de Alpinismo?

Como escolher um mosquetão de Escalada ou de Alpinismo?

Com forma em D ou HMS, de rosca ou automático... Existem vários tipos de mosquetões de escalada. Qual Escolher?
praticante de via ferrata

DESCOBRE A VIA FERRATA

A via ferrata permite a um grande número de pessoas experimentar percursos de montanha mais desafiadores, alcançando novos picos e novas emoções. Descobre aqui como te equipares.