3 O que deve fazer para encontrar o seu ritmo?

Aprender a respirar corretamente. Na corrida, é essencial saber respirar bem. Quanto melhor o fizer, melhor correrá e mais prazer sentirá no momento. Porquê? Porque a respiração influi no seu ritmo de corrida. Quanto maior for a agilidade respiratória, maior será a sua resistência em termos de duração.

3 O que deve fazer para encontrar o seu ritmo?

O que deve reter para respirar melhor enquanto corre: encher os abdominais, inspirando e expire, expulsando o ar e tentando manter o tempo de expiração mais prolongado do que o da inspiração.

Aprender a respirar corretamente

Na corrida, é essencial saber respirar bem. Quanto melhor o fizer, melhor correrá e mais prazer sentirá no momento. 
Porquê? Porque a respiração influi no seu ritmo de corrida. Quanto maior for a agilidade respiratória, maior será a sua resistência em termos de duração.
O que deve reter para respirar melhor enquanto corre: encher os abdominais, inspirando e expire, expulsando o ar e tentando manter o tempo de expiração mais prolongado do que o da inspiração.

Siga um plano de treino (compatível com o seu nível)

Siga um plano de treino (compatível com o seu nível). Ao seguir um plano de treino com sessões programadas, isto ajudá-lo-á a balizar o seu dia a dia e a otimizar a prática regular. Para além disso, se esse plano for adaptado ao seu nível e aos seus objetivos, isto fará com que a sua motivação se mantenha e poderá progredir tal como desejado. 
É importante escolher um plano adaptado pois um plano demasiado exigente poderia, pelo contrário, desanimá-lo/a.

escute o coração

Não se preocupe, não lhe vamos pedir para correr com o dedo índice junto ao pescoço tentando contar o número de batimentos por minuto. Existem formas muito mais eficazes de ouvir o coração a bater, mais ou menos rápido, consoante o esforço que lhe é pedido. Para isso, recomendamos-lhe um cardiofrequencímetro que, estando conectado ao seu punho, lhe permitirá conhecer a sua frequência cardíaca. Em média, é recomendado não ultrapassar os 175-180 batimentos/min (zona de esforço máxima). Pode, até, optar por um relógio que lhe indicará em que “zona” se situa, de acordo com a sua frequência cardíaca: zona de aquecimento, zona de conforto, de esforço ou máxima.

O que deve reter…

De modo geral, correr a um bom ritmo é correr a uma velocidade adequada à sua saúde e aos seus objetivos. O seu ritmo pode variar de um dia para o outro, pois depende do seu estado de espírito, da sua energia que difere consoante o seu dia a dia. É importante manter um bom ritmo porque é isso que fará com que sinta prazer a correr, alimentando assim a sua vontade de prosseguir e, porque não, de se tornar viciado/a na prática da corrida.
Para o/a ajudar a encontrar o seu ritmo, aprenda a respirar bem, siga um plano de treino adaptado ao seu nível e aos seus objetivos e aprenda a identificar as zonas em que se situa quando está a correr.

3 O que deve fazer para encontrar o seu ritmo?

ELISABETH MOREAU

Dialogue Leader na Kalenji

Passei por todas as etapas de uma autêntica viciada em atletismo (provas em pista, corta-mato, corrida em estrada e trail). A corrida passou a ser o meu momento de lazer ao domingo.
Para me motivar, ouço JJ Goldman