O QUE É A VIAGEM DE BICICLETA?

Pedalar tem sido refúgio para muita gente que quer se desligar da correria das grandes cidades. Os mais aventureiros também podem pensar em uma longa viagem de bicicleta, em busca de auto conhecimento e de paisagens inesquecíveis.

bicicleta viagem

Colocar as mãos no guiador, pedalar, encontrar, descobrir a cada dia novas paisagens e recomeçar no dia seguinte. O mundo ao alcance dos pedais, eis a promessa da viagem de bicicleta. A itinerância em bicicleta é uma aventura humana e acessível a todos. Convida-nos a abrandar, a voltar ao essencial, a reencontrar e a apreciar a liberdade do nomadismo. Vá, suba para o selim, dizemos-lhe tudo sobre a viagem de bicicleta!

1/ ABRANDAR PARA SENTIR MELHOR

A viagem de bicicleta começa à sua porta, no cais de uma estação ou de um aeroporto longínquo. Em resumo, em qualquer sítio. Ao tomar a decisão de andar de bicicleta, decide-se viajar mais devagar, "percorrer" um território, uma região, um país, com relativa lentidão. Viajar de bicicleta é mudar de perspetiva. Deixamos de ser simples visitantes, passamos a pertencer aos locais que atravessamos. Pedalada após pedalada, caminha-se, observa-se, escuta-se, sente-se a paisagem fazer-se e desfazer-se à nossa volta. Ao sabor dos quilómetros, a bicicleta deixa de ser um simples meio de transporte, torna-se um verdadeiro instrumento de liberdade!

Viajar de bicicleta?
Viajar de bicicleta?

2/ LIBERDADE !

A liberdade faz parte do ADN da viagem de bicicleta. Liberdade de escolher o seu itinerário, liberdade de fazer a sesta em frente ao mar, liberdade de acampar num pinhal... a bicicleta confere uma autonomia que lhe oferece o luxo da exploração e da evasão no quotidiano. Diga adeus aos horários de comboio e esqueça as filas de trânsito, irá onde quiser quando quiser. Leve uma tenda consigo e o mundo será o seu quarto. Da excursão de alguns dias numa região francesa à grande viagem à volta do mundo com a duração de vários anos, a viagem de bicicleta faz-se à sua vontade e segundo os seus desejos.

3/ ENCONTRAR

Colocar bolsas numa bicicleta é um truque de magia que funciona sempre. Já está, deixou de ser ciclista, passou a ser um viajante. Esta condição de visitante do mundo convida ao encontro e suscita a curiosidade. A viagem de bicicleta é indissociável dos encontros. Porque percorre as estradas com a força das suas pernas, os habitantes locais estimam-no e cuidam de si onde quer que vá. Não tenha medo se não falar espanhol, persa ou japonês, a bicicleta é uma linguagem universal!

Viajar de bicicleta?
Viajar de bicicleta?

4/ REGRESSO ÀS ORIGENS

A sua bicicleta é a sua nova casa. É confortável, nómada e a vista muda todos os dias. No entanto, é pouco espaçosa. Quando se viaja de bicicleta, a prioridade é a água, a comida, a roupa, ferramentas e um estojo de primeiros-socorros nas bolsas. Mas não sendo elas infinitamente extensíveis, é preciso fazer escolhas e fazer uma lista das coisas a levar em função do seu grau de necessidade. Concentrar-se no essencial, eis uma das exigências da viagem de bicicleta! Faça as malas em função das suas expectativas. Uma configuração tradicional, com quatro bolsas, permitir-lhe-á maior conforto e autonomia. Pretende sair dos caminhos conhecidos? Opte pela leveza, maniabilidade e minimalismo das bolsas de bikepacking.

5/ CADA UM COM O SEU RITMO, CADA UM NO SEU CAMINHO

Quando se fala de viagem de bicicleta, imaginamo-nos logo a pedalar nas montanhas nublosas da Nova Zelândia ou nas pistas do deserto de Atacama no Chile. Mas não é preciso partir para o fim do mundo ou possuir material de aventureiro para viajar de bicicleta. Dormir em hotéis e não cozinhar em fogareiros não é pecado. A felicidade está no seu guiador, é indiferente para onde vai e por quanto tempo. Qualquer pessoa pode viajar de bicicleta, basta adaptar-se ao seu ritmo e viajar com a alma leve, sem objetivos de desempenho. Parta primeiro de sua casa, as mais belas viagens são as que nos levam a descobrir um local que julgávamos conhecer. Pouco a pouco, alargue os seus horizontes, vá para mais longe, mais tempo. A viagem não é uma corrida, é um passeio alegre à volta do mundo.

Agora já sabe tudo (ou quase) sobre os grandes princípios da viagem de bicicleta. Deixe-se levar pela pequena rainha e pelos seus poderes fantásticos num terreno infinito … o mundo!

descubra todos os nossos conselhos