Escalada: história e benefícios

Escalada: história e benefícios

Magaly Charluet, a quem chamam "Coala", é instrutora de escalada apaixonada. Tive a oportunidade de conversar com ela sobre o seu estilo de vida: a Escalada. Descubre aqui esta atividade rica em valores educativos, desenvolvimento físico e mental.

Magaly Charluet, instrutora de escalada e escaladora desde os seus 7 anos, apresenta-lhe a escalada, a sua história, as diferentes práticas, o material de escalada de que precisará para se iniciar e a roupa aconselhada.

Arnês posto, mãos prontas a agarrar a primeira presa e estamos de partida! 
Percorramos juntos a história desta atividade de lazer e de exploração que se tornou um verdadeiro desporto e estilo de vida.

O que é a escalada?

De longos cabelos pretos atados num rabo-de-cavalo e olhos escuros cintilantes, estou sem dúvida a falar com uma entusiasta. Em tom alegre, Magaly conta-me os primórdios da escalada em França: "A escalada é uma disciplina intimamente ligada ao alpinismo através do seu equipamento, valores e técnicas. Foi apenas a partir de 1877 que a escalada começou a demarcar-se do alpinismo com o aparecimento das primeiras escolas de escalada e que a ética do itinerário se sobrepôs ao cume."

Escalada: história e benefícios

Uma prática impulsionada pelas alterações no ritmo de vida dos franceses

"Até 1945, a escalada permitia aos alpinistas treinar para as competições, particularmente em Fontainebleau com Pierre Alain, que inventaria os primeiros pés de gato de escalada. O advento das férias pagas contribuiu para o desenvolvimento da prática de desportos de lazer em França e, nomeadamente, da escalada."

A inovação e a criação contribuem para o surgimento de novos campeões

"O material de escalada evolui de forma gradual, tornando-se mais leve. Em 1980, são criadas as primeiras estruturas artificiais de escalada. Os desempenhos disparam com o nascimento de estrelas de escalada muito mediáticas, como Patrick Edlinger e Catherine Destivelle."

Uma prática de escalada que ganha popularidade

Magaly aponta a criação de um enquadramento institucional: "Para fazer face ao número crescente de praticantes, as instituições especializam-se: a Federação Francesa de Montanhismo e Escalada (FFME) em 1987 e o primeiro exame de Instrutor de escalada certificado pelo Estado (Brevet d'État) no CREPS de Vallon Pont d'Arc em 1986. Finalmente, as primeiras competições de escalada marcam o início de uma disciplina autónoma reconhecida em todo o mundo. Uma disciplina que compreende especialidades (bloco, velocidade, dificuldade, psicobloc...) e possuidora de uma ética ligada à natureza."

Escalada: um desporto, várias disciplinas!

Bloco: Possibilidade de escalar entre 0 e 5 metros. Envolve um colchão (o colchão de queda ou crash pad). É praticada no interior e no exterior. Facilita a prática e é muitas vezes um espaço de convívio moderno, acessível e acolhedor. Graças ao bloco, pode praticar sozinho(a) com toda a segurança.

Velocidade: É a disciplina menos conhecida do público. Requer uma instalação única, uma via de escalada específica com presas específicas que encontramos em todas as paredes de velocidade do mundo.

As grandes vias ou "big walls": grande parede que escalamos num ou vários dias (dorme-se em camas suspensas), para os escaladores mais experientes que gostam de viagens e de explorar.

Dificuldade: até 40 metros, requer bases de técnica de segurança e material que é difícil de alugar. Pratica-se no exterior e no interior.

Psicobloc: a particularidade desta disciplina é o facto de se praticar por cima da água. Pratica-se sozinho e podem ser organizadas competições com paredes semelhantes por cima da água. Muito popular no verão.

Escalada: história e benefícios

Os benefícios do desporto para as crianças

O teu mais velho joga futebol desde os 4 anos, o irmão mais novo faz judo e a mais nova começa a fazer ginástica de bebé? As semanas são ocupadas e não paras de correr um lado para o outro… mas sabias que fazes um grande favor aos teus filhos?

Escalada: história e benefícios
Escalada: história e benefícios

Quando começar a praticar escalada?

Se a criança pedir antes dos 4 anos, pode fazer com o pai e a mãe, no exterior ou em sala e nalguns ginásios de escalada onde oferecem sessões de escalada bebé (no modelo da ginástica para bebés ou natação para bebés).

A partir dos 4 anos são oferecidas aulas coletivas e estágios de escalada. Também é possível praticar na escola, no caso do ginásio da escola ter uma parede de escalada.

No caso dos adultos, Magaly convida-os a lançarem-se na atividade assim que tiverem vontade. Com um amigo será mais reconfortante e motivador! Ela garante que não devemos hesitar em participar numa hora de aula com um profissional para adquirir as bases de segurança.

Quer se trate de uma criança ou de um adulto, Magaly recomenda: “Esperar sempre que venha da própria pessoa. É uma iniciativa pessoal porque, desde muito novos, podemos encontrar sinais de vertigens ou forte apreensão relacionada com a confiança, um ambiente novo e o material de escalada. Forçar alguém a praticar escalada quando não tem vontade pode provocar estragos que serão difíceis de reverter. O que seria uma pena, pois é um belo desporto que se pode partilhar e praticar no exterior.

Escalada: história e benefícios

Como começar a praticar escalada?

- Com as pessoas à tua volta: família ou amigos que já pratiquem a disciplina e podem ajudar-nos a começar.

- Com um clube de escalada FPME ou um clube de alpinismo que integre muito bem novos praticantes.

- Num ginásio de escalada perto de ti: se for escalada de bloco, é preciso começar e experimentar blocos mais fáceis, e é prático porque se pode fazer sozinho. se for um ginásio “com corda”, será melhor participares numa aula de escalada com um instrutor. Existem vários regimes: estágio, por sessão ou com uma licença num estabelecimento filiado FPME. É o ideal para começar a 2 ou em família.

Como com todas as atividades, se queremos ver progressos, Magaly receita uma prática regular: “Este é um desporto ingrato. A regularidade ajuda a diminuir a eterna sensação de regresso à estaca zero tanto a nível físico como mental. A apreensão é como um músculo e podemos trabalhá-la. Considera-se que 1 sessão por semana não é suficiente para progredir. Na minha opinião, são precisas, pelo menos, 2 sessões por semana.

O material de escalada

Para praticares escalada, precisarás do seguinte material:

Em bloco em sala: calçado de escalada, magnésio, uma roupa confortável e é tudo!
Em bloco no exterior: tudo o que levamos para o bloco em sala mais um colchão de queda.
Para escalada em sala: calçado de escalada, magnésio, um arnês, um sistema de segurança e um mosquetão com rosca.
Para escalada em falésia: tudo o que levamos para escalar em sala mais um capacete, fitas expresso, uma guia, mosquetões com rosca suplementares e uma corda suficientemente longa.
Deve igualmente munir-se de um anel de fita, um nó machard, um sistema de segurança para fazer segurança de um segundo em grande via.

Escalada: história e benefícios

Que roupa vestir para praticar escalada em sala?

Precisarás de um equipamento adaptado ao seu nível de prática e com o conforto que desejar. Por exemplo: Calções, leggings, calças de ganga flexíveis…

Que roupa é indicada para a escalada no exterior?

A roupa de exterior é do mesmo tipo que a roupa de interior, mas com um tecido mais resistente à abrasão e às fricções.

Os benefícios da escalada para o corpo e para o espírito

"Quando fazes escalada no exterior, sentes-te um privilegiado, tu e a rocha são um só. Nas alturas, és tu contra o mundo. Respiras, exploras, é uma alegria simples…"
A prática de escalada está cheia de oportunidades de aprendizagem:

- concentração: a escala desenvolve a consciência de si mesmo, da própria resistência ao esforço e aos próprios medos e a noção de empenho.

- confiança: a escalada favorece a autossuperação, a confiança em si, no outro, no ambiente. A escalada ajuda a valorizar a consciência física de si mesmo.

- partilha: troca de competências técnicas ou de segurança, partilha intergeracional, partilha da paisagem ou de sensações.

- habilidades físicas: a flexibilidade, a força, tanto dos membros superiores como dos membros inferiores, e o equilíbrio são constantemente postos à prova.

- responsabilidade: nos adultos, mas também nas crianças, favorece o sentido de responsabilidade e de ritmo de jogo (uma altura para praticar e outra para assegurar o companheiro). É importante que aprendam a reproduzir estes princípios no seu dia-a-dia.

Escalada: história e benefícios

A escalada é mais do que um desporto, também tem uma forte componente ambiental. Também gostava de sentir do prazer da autossuperação e a alegria da união com a natureza? Experimente a escalada e conte-nos tudo!

Escalada: história e benefícios

Céciliane

Redatora de conselhos

Treinadora de desporto personalizado e grande adepta de atividades artísticas. Sempre presente para apoiar e admirar os grandes eventos desportivos!

Estes artigos também te podem interessar

escaladoras a tirar foto

Melhores presentes para oferecer a um escalador

É praticante ou começou agora a escalar e não sabes o que oferecer? Descobre as nossas sugestões de presentes para amantes de escalada!
escalador a calçar um pé de gato

Como escolher os pés de gato para escalada?

Os pés de gato são o aliado indispensável, mas a sua escolha é certamente a mais difícil no que toca ao equipamento de escalada. Guiamos-te passo a passo para encontrar os pés de gato adequados.
TOP 6 DOS NÓS MAIS ÚTEIS EM ESCALADA E ALPINISMO

TOP 6 DOS NÓS MAIS ÚTEIS EM ESCALADA E ALPINISMO

Nós de encordoamento, nós de ancoragem... Tutorial ilustrado para treinar com toda a segurança!
escaladora em falesia

EQUIPA-TE PARA FAZER ESCALADA NO EXTERIOR!

Quer pratique bloco ou falésia, existem equipamentos comuns às duas disciplinas. Vais escalar no exterior? Encontra o equipamento necessário para as tuas vias. Descobre tudo aqui.