COMO CORRER À CHUVA E GOSTAR?

Se costuma treinar regularmente, é natural que nem sempre tem a sorte de sair com sol radioso num lindo céu azul. Apanhar chuva durante a sua sessão de corrida será assim inevitável, mas não significa que deixará de sentir prazer. Explicamos como.

Correr à chuva

ANTES

Não desista de ir correr se as previsões meteorológicas não forem favoráveis ou se vir que o tempo lá fora não está famoso... A chuva nunca matou um atleta! Além disso, o facto de já estar prevenido permitir-lhe-á preparar-se com o equipamento mais apropriado em função do tipo de precipitação. Para uma chuva fina, privilegie um corta-vento repelente de água, para uma chuva forte, une casaco impermeável será mais indicado, além de calças impermeáveis. Se for correr com a sua mochila de trail, poderá também levar a sua panóplia impermeável (compactável em pequenas bolas) para antecipar a mudança de tempo. Seja como for, visto que não podemos escolher as condições climatéricas para o dia da nossa prova, mais vale procurarmos adaptarmo-nos treinando e testando o equipamento antes do dia D.

Certifique-se, no entanto, de que o seu telemóvel, leitor de MP3 e dinheiro estão bem protegidos para evitar dissabores.

motivar-se para correr à chuva
Correr à chuva

DURANTE

Já está a correr à chuva e o mais difícil era mesmo ganhar coragem. Apercebe-se então que a experiência não é assim tão má, a água costuma apenas molhar e nunca matou um atleta..?

Depois de molhado, poderá até retirar algum prazer ao atravessar poças de águas, cumprimentar outros atletas com quem se cruza e trocar um olhar cúmplice como quem diz "é bom vermos que não somos os únicos motivados".

Não deixe, no entanto, de tomar precauções nos momentos de grande trovoada. Na presença de trovões, não se arme em herói, procure um abrigo e espere até o tempo acalmar, ligue para um amigo ou familiar para o ir buscar ou, em alternativa, chame um táxi ou apanhe um transporte público, se possível. Se não conseguir encontrar abrigo, a solução mais segura é fazer-se o mais pequeno possível, visto que os trovões só atingem os pontos mais altos.

DEPOIS

É sempre um orgulho terminar uma sessão de corrida à chuva. A sensação de ter enfrentado as adversidades da natureza dá-nos uma grande satisfação. Já terá reforçado um pouco mais a sua determinação para os seus próximos objetivos. Além disso, poderá orgulhar-se por ter encontrado a motivação quando muitos outros desistiram da ideia quando foram à janela e viram o mau tempo! BRAVO, as nossas felicitações!