Respiração e orientação na natação em águas abertas

Respiração e orientação na natação em águas abertas

Água turva, não conseguir ver o fundo e as ondas a bater são os principais obstáculos para permanecer no caminho quando se nada em águas abertas. E a cada "erro de navegação " vem o inevitável "regresso ao caminho certo”. Um desperdício substancial de tempo e energia, como tenho a certeza que concordarás....

Para domar adequadamente este elemento natural e o seu ambiente sem perderes o rumo, é importante estares consciente de alguns truques para te manteres no bom caminho do princípio ao fim.

Hoje vamos concentrar-nos nas técnicas utilizadas pelos nadadores de águas abertas antes e durante um mergulho para orientação, como não te desviares do teu curso, e especialmente como chegares ao teu destino!

Segue-me, é por aqui...

Antes de entrares na água

Quer seja para uma competição ou para uma sessão de treino em águas abertas, os nadadores devem levar algum tempo antes de partirem para analisar o seu próximo campo de jogo.

É essencial visualizar e memorizar o percurso que pretendes seguir, assim como a localização, exata, forma e cor das boias. Este passo é primordial, quer tenhas decidido nadar dentro da área de natação designada ou fora dela.

Para além de localizar as boias, procura também marcos que sejam altos e visíveis à distância ( torre, árvore, edifício, etc.). Isto é particularmente importante se estiveres a nadar no mar, por causa da altura das ondas. De facto, uma vez que estás a vários metros da costa, estas tendem a bloquear a tua visão da linha costeira e, portanto, dos teus pontos de referência.

E quanto às ondas, a melhor solução é torná-las tuas amigas! Usa-as para ganhar altura e descobrir onde te encontras mais facilmente.

A memorização destes pontos de referência chave ajudar-te-ão subconscientemente, e sem precisares necessariamente de levantar a cabeça a cada dez metros, a , manter a consistência do teu caminho.

Se fores então capaz de combinar a tua perceção espacial com uma boa técnica de respiração, serás uma bússola da vida real!

Enquanto estiveres a nadar

Como já deves ter notado, os , nadadores em águas abertas tendem a levantar a cabeça muito alto quando respiram. Esta é de facto uma forma muito eficaz de combinar simultaneamente orientação e respiração.

Esta técnica é utilizada por todos os nadadores experientes em águas abertas. Além disso, no mar, , para além da respiração e da orientação, permite-te dar descanso aos teus braços e pernas à medida que a onda passa por baixo de ti.

No entanto, olhar em frente desta forma quando nadas em águas abertas  sem perder eficiência no teu movimento requer uma técnica especial:


- Primeiro, terás de deslocar o teu peso na água, mais para baixo e com os cotovelos dobrados para levantar os ombros, e levantar a cabeça para fora da água enquanto te impulsionas para a frente. Deverás olhar para a distância para te orientares e inspirares ao mesmo tempo.
- Uma vez endireitado, vais encontrar-te numa posição de  "polo aquático" com a tua cabeça ao ar livre e as tuas pernas terão de compensar o desequilíbrio dando um pontapé mais rápido. Esta parte não deve durar muito tempo. Para o fazer, não te esqueças de expirar todo o teu ar enquanto estiveres na água para favorecer uma inalação rápida. Quanto à orientação, se tiveres feito o teu trabalho de reconhecimento  antes de saltares para dentro, encontrarás o teu caminho num piscar de olhos!
- A forma como os braços se devolvem no ar é diferente da piscina. Em vez de dobrar o braço e levantar o cotovelo, o braço deve contornar a água, o mais próximo possível dela.
- A cabeça deve então ser abaixada com a parte superior do corpo para encontrar o seu lugar entre os ombros para um movimento horizontal suave.
- Não há necessidade de utilizar esta técnica a cada dois movimentos , a menos que não tenhas sido capaz de te localizar na primeira vez. Isto, porque cria uma mudança de ritmo que pode ser rapidamente cansativa. Utiliza-a de acordo com o ambiente e o teu nível de conforto a cada 4, 6, 8 ou 10 movimentos.
Agora já sabes como te orientares e manteres-te no curso em águas abertas! Mas antes de começar, para te poderes orientar de forma eficaz, o primeiro pré-requisito é ser capaz de ver de forma clara!
Para ter a certeza disso, escolhe óculos de natação com lentes espelhadas para proteger os teus olhos do reflexo do sol sobre a  água.E mais uma dica: para evitar uma sessão, com nevoeiro, colocar um pouco de champô nos óculos de natação e enxagua-os bem!
Desfruta da tua aventura em águas abertas!

Respiração e orientação na natação em águas abertas

Régis

Nadador Nacional & Dialogue Leader

Descobre mais conselhos do teu interesse

equipar-se-para-a-natação-em-águas-abertas

Equipar-se para a natação em águas abertas

Para nadar eficazmente em águas abertas com toda a segurança, é necessário saber escolher o melhor equipamento [...]
pessoas com fato neoprene

Os 5 princípios básicos da segurança em águas abertas

Apesar de todos os benefícios que a natação em águas abertas traz, é importante ter alguns cuidados antes do primeiro mergulho em águas naturais
vestir-fato-mergulho-águas-abertas

Top 5 : técnicas para vestir o seu fato de neoprene águas abertas

Descubra os nossos conselhos para vestir rapidamente e perfeitamente o seu fato de mergulho em neoprene para natação em águas abertas.
Locais em Portugal para nadar em águas abertas

Locais em Portugal para nadar em águas abertas

Descobre os melhores locais em Portugal para nadar em águas abertas e desfrutar do prazer de nadar ao ar livre, em segurança e em boa companhia.
Onde nadar em águas abertas?

Onde nadar em águas abertas?

O sol está de volta!É a altura de deixar as piscinas com cloro para mergulhar em águas abertas. Mar, lago, rio: passagem em revista dos tipos de locais onde nadar.