equipamento de Marcha atlética no inverno
equipamento de Marcha atlética no inverno

Marcha atlética no inverno: como se deve equipar?

Se, para ti, a estação do inverno rima mais com fase de preparação fisica do que com usufruir de uma boa lareira, aproveita os nossos conselhos para equipares-te corretamente. Qual é a regra das 3 camadas, qual é o equipamento para a parte inferior do corpo, como tratar dos detalhes? Descobre as nossas dicas para o inverno para equipares-te da cabeça até aos pés.

Marcha atlética no inverno: como se deve equipar?

A famosa regra das 3 camadas

Se calhar já ouviste falar dela, mas é sempre bom começar pelas bases: a regras das 3 camadas é a base do equipamento dos desportos ao ar livre durante o inverno.

As famosas 3 camadas correspondem ao equipamento para a parte superior do corpo: o tronco, os braços e as costas que concentram muitos órgãos vitais e zonas de eliminação da transpiração. O objetivo é assim manter o corpo quente, eliminando a transpiração.

Vamos começar?

Explicamos-lhe tudo:

Para a primeira camada, junto à pele, recomendamos uma camisola capaz de manter o calor e, ao mesmo tempo, de eliminar a transpiração. Idealmente, uma camisola termorreativa de manga comprida. Ao mesmo tempo leve e quente, mais respirável (e assim mais seca apesar da transpiração) do que o algodão.

A segunda camada tem por função isolar contra o frio: uma t-shirt ou uma camisola com fecho de manga comprida, em função do nível de frio e de humidade.

E para terminar, a terceira camada está lá para proteger do vento, da chuva e das outras intempéries que interferem nas suas sessões de marcha atlética no inverno. 
Recomendamos o uso de um casaco respirável e impermeável.

Para além de manter o corpo quente e seco, a outra vantagem da técnica das 3 camadas é poder abrir, tirar ou fechar as peças de vestuário durante os treinos. De facto, enquanto se aquece e encontra o seu ritmo, a temperatura corporal e a sensibilidade ao frio vão evoluir.

MArcha Atlética

E para as pernas?

Desta vez é mais simples: uma única camada para manter as pernas quentes, conservando uma grande liberdade de movimentos. Como te deves equipar?

Fomos perguntar ao Keny, vendedor na DECATHLON e campeão de França nacional dos 5000 m indoor:

“Quando às pernas, uso sempre calças justas, é o que há de mais quente e menos incomodativo para a prática. E com tempo de chuva, não se sente a humidade, contrariamente a umas calças de corrida. E sobretudo permite não deixar um tendão (joelho e Aquiles em particular) ao frio: o choque de temperatura provoca tendinites. Assim, nada de calções, e meias subidas!”

Calçado de Marcha Atlética

Que calçado para o inverno?

Como já foi dito mais acima, as meias subidas permitem cobrir o tendão de Aquiles e protegê-lo do frio. Mas então e o calçado?

Para além das noções de conforto, de amortecimento e de flexibilidade da sola que são pessoais, recomendamos também que tenhas em conta a sua aderência e um bom grip na sola. Pois é, com a humidade ou temperaturas inferiores a 0°, os teus terrenos de prática podem tornar-se mais escorregadios (precisas então de mais aderência) ou mais pesados (neste caso, precisas de mais grip).

Equipmaneto de Marcha Atlética

A cabeça, as mãos e o resto:

Passamos agora para o resto do equipamento. Sim, o objetivo é equipar-te desde a cabeça até aos pés e até mesmo às pontas dos dedos!
Precisamente, para as tuas mãos, o que deve escolher?
“Quando está frio, calço luvas de mergulho em neoprene: são impermeáveis e muito quentes. Mas, atenção, fazem transpirar as mãos.” Terminemos com a cabeça que vale a pena proteger convenientemente quando as temperaturas caiem e que o vento se levanta: “Para a cabeça, recomendo o uso de uma faixa multifunções de pôr à volta do pescoço e cobrir até ao nariz. E um segundo, com tempo seco, para usar como gorro ou à volta da cabeça. Com tempo de chuva, recomendo um boné para proteger a cara da chuva e uma faixa multifunções para o pescoço.” Assim, estás pronto para os teus treinos de Marcha com tempo frio. Encontrarás aqui alguns bons conselhos adicionais, para a estrada: Podes utilizar uma pomada gorda ou hidratante para proteger as zonas da pele diretamente expostas ao frio (rosto, mãos…) e as zonas de fricções (axilas, virilhas). 

Mais conselhos sobre marcha atlética

o que é a marcha atlética?

O QUE É A MARCHA ATLÉTICA?

A marcha atlética é uma disciplina desportiva que integra a família do atletismo. Esta atividade desportiva consiste em marchar mais rapidamente possível numa dada distância, conservando em permanência um pé em contacto com o chão.
Técnicas de marcha atlética

Técnicas de Marcha Atlética

A Marcha Atlética é uma prática tecnicamente exigente, que se revela mais complexa que a corrida. Este desporto possui a sua, ou melhor, as suas próprias técnicas... que os juízes controlam durante as competições!
Quais as necessidades para praticar a marcha atlética

Marcha Atlética: o que é necessário para te iniciares na Marcha Atlética?

A Marcha Atlética pode executar-se em qualquer estrada relativamente plana, numa pista de atletismo ou em torno de um lago de água.Depois de algumas sessões de iniciação e de domínio da técnica, só falta equipares-te para praticar este desporto.