PESCA À BEIRA-MAR: RECOMENDAÇÕES DE SEGURANÇA

À beira-mar, respeitar algumas regras básicas de segurança reduz os riscos e promove uma prática de pesca mais tranquila. Resumo das regras para pescar em segurança.   
 

PESCAR EM ROCHEDO OU EM DIQUE

peche_bord_de_mer_rochers_digue_caperlan.jpg

Antes de preparar o seu equipamento de pesca, perca algum tempo a observar o estado do mar, o movimento e a força das ondas, etc. Se as ondas baterem violentamente contra a rocha ou parede, é melhor evitar pescar nesse local. Além disso, se não tiver a possibilidade de se colocar a uma altura segura, não corra riscos. Basta uma onda grande e repentina para colocá-lo em perigo.

Com vento forte, mais vale evitar este tipo de local pois as ondas podem passar por cima das rochas ou do dique. 

AS ONDAS

A onda pode ser uma aliada para o praticante que pesca à beira-mar, mas também um perigo. Mais vale prevenir, independentemente do local de pesca. As ondas exigem uma vigilância constante, mesmo com boas condições climatéricas. Basta uma onda para poder colocá-lo em perigo. Impulsionada pelo vento, uma onda pode embater na costa a uma altura 3 ou 4 metros superior ao normal e invadir a praia em poucos segundos. Mantenha-se atento. 

OS AFUNDAMENTOS E DEPRESSÕES

Os afundamentos podem ser, por vezes, abruptos e profundos. A profundidade pode variar rapidamente de um metro a dois metros de água. As depressões são grandes piscinas naturais criadas pelo efeito das ondas e dos ventos.Podem medir algumas dezenas de metros de largura e algumas centenas de metros de comprimento. A profundidade pode chegar aos 5 metros. Uma depressão pode arrastar uma pessoa para centenas de metros do local onde caiu. Normalmente, são fáceis de identificar com bom tempo pois criam grandes zonas sombrias na água. São armadilhas a evitar. 

AS WADERS

peche_bord_mer_waders_peche_surfcasting_caperlan.jpg

As waders são por vezes indispensáveis durante a pesca. Esta jardineira em PVC, neopreno ou em tecido respirável permite entrar na água e permanecer seco, sendo por isso muito útil para pescar mais longe. No entanto, em caso de queda na água, as waders podem encher-se de água e dificultar os movimentos do praticante de pesca.

Aperte bem as waders na zona do peito para limitar a entrada de água.

BONS CONSELHOS A TER EM CONTA

É sempre melhor pescar em pares, sobretudo durante a noite. Além de ser mais seguro, pescar com companhia promove o convívio. Em caso de problema, o número 112 permitir-lhe-á contactar ajuda.   Se se desencadear uma tempestade violenta e imprevista, largue imediatamente a sua cana de pesca e qualquer outro objeto metálico (estacas, baldes).   Informe sempre uma pessoa próxima de que vai sair para pescar e sobre a hora aproximada a que pretende regressar. Lembre-se de a prevenir caso prolongue a pescaria, de modo a evitar que seja emitido um alerta.    Mesmo em dias de calor intenso, é melhor não pescar descalço. As rochas, as conchas e outros resíduos podem ser muito cortantes.   Em caso de dúvida sobre as condições de segurança de uma determinada zona de pesca, informe-se sobre os riscos possíveis junto da câmara municipal, dos pescadores ou associações locais. 

OS CONSELHOS PREFERIDOS DOS PRATICANTES DE PESCA

VOLTAR PARA O TOPO