É POSSÍVEL INICIAR-SE NO SURF COM UMA SHORTBOARD?

Sol, calor e ondas: a combinação ideal para se iniciar no surf. Está a pensar utilizar a shortboard de um amigo ou aquela que está no fundo da garagem há vários meses. Veja o nosso conselho para escolher a melhor prancha de iniciação à prática do surf.

A shortboard, a prancha preferida dos surfistas é, como o nome indica, uma prancha curta, estreita e fina. Permite gerar velocidade, efetuar curvas apertadas e manobras radicais. Em contrapartida, é mais indicada para surfistas experientes. Siga o nosso conselho para escolher a melhor prancha e evoluir rapidamente.

SHORTBOARD: A PRANCHA MAIS POPULAR

Encontramo-las bem direitas na praia, de nariz enterrado na areia, no pico, sob o braço de um surfista de bicicleta, novas e alinhadas junto a outras em lojas ou de segunda mão em feiras, na internet ou no Trocathlon mais perto.

As shortboards estão por todo o lado! Com uma tal oferta no mercado de ocasião, os preços são naturalmente baixos.

Depois de se informar, terá lido um pouco por todo o lado que o ideal seria ter várias pranchas para se adaptar às condições das ondas e de acordo com a sua própria evolução.

O problema é que o seu orçamento pode não lhe permitir comprar mais do que uma. E então o mercado de ocasião surge como uma boa oportunidade para adquirir uma prancha para iniciar a prática de surf e para acompanhar a sua evolução. 

Que prancha escolher?

ESCOLHER UMA SHORTBOARD PARA INICIAR A MODALIDADE?

O QUE PENSO FAZER
O QUE FAÇO REALMENTE

Para não viver esta [má] experiência, é importante não saltar etapas. O procedimento é como no esqui, em que desaconselhamos os iniciantes a começar pelas pistas negras, preferindo as verdes e as azuis para começar. No surf é idêntico.

Devido ao seu volume limitado, a shortboard "desliza" com mais facilidade do que uma prancha de surf em espuma. Exige mais força e mais técnica para fazer o take-off e surfar a onda.

Ao escolher uma shortboard para se iniciar no surf poderá estar a atrasar a sua evolução. É provável que tenha de remar bastante e que falhe vários take-off e, consequentemente, ondas. No final, poderá achar que o surf é demasiado difícil e perigoso... e formar uma "opinião negativa" deste desporto. E isso seria de lamentar (sobretudo porque se deveria a uma má escolha da prancha).

Serão várias as quedas e, mesmo que a sua motivação permaneça intacta, arrisca-se a ferir-se a si ou a outros surfistas. 

Continua com vontade de iniciar o surf numa shortboard?

PRANCHA DE SURF EM ESPUMA: A ALIADA DOS INICIANTES

Este artigo já lhe permitiu perceber que iniciar-se na prática de surf com uma shortboard é má ideia para desfrutar dos prazeres de uma evolução rápida na arte do deslize.

Para otimizar a sua aprendizagem do surf, é indispensável escolher a prancha mais adequada. Os principais critérios de escolha de uma prancha de surf são: 

O SEU NÍVEL
A SUA MORFOLOGIA
O TIPO DE ONDAS A SURFAR

Para começar, precisará de uma prancha volumosa, que o ajudará, durante a remada, a deslizar e a entrar na onda. Depois de lançado sobre a onda, o volume da prancha permitir-lhe-á levantar-se (take off) mais facilmente e manter mais facilmente o equilíbrio. O tamanho da prancha de surf depende portanto do tamanho do surfista. Quanto maior e mais musculado for, maior será a prancha. A escolha do tipo de ondas também influencia o ritmo de aprendizagem. Dê preferência aos spots com espuma (aquela que se forma no final das ondas) e às pequenas ondas pouco acentuadas para começar com tranquilidade. As ondas cavadas estão reservadas aos surfistas experientes em shortboard. Em contrapartida, as quedas são mais dolorosas e impressionantes.   A prancha em espuma é especialmente concebida e adaptada e estas condições. Pode ser utilizada por toda a família, graças à sua conceção robusta (muito mais do que uma shortboard) e ao deck em espuma, que evita lesões em caso de queda. Contrariamente ao que se pensa, a prancha em espuma não se destina exclusivamente a iniciantes. Trata-se de uma prancha que acompanha toda a evolução do surfista, desde os primeiros take-off até à aprendizagem das manobras mais exigentes. É igualmente uma excelente prancha de surf, para os surfistas experientes que querem divertir-se nas ondas menos acentuadas do verão, o shorebreak...   Inicie-se no surf SIM, mas NÃO com uma SHORTBOARD!

CONSELHOS QUE PODERÃO INTERESSAR-LHE:

VOLTAR PARA O TOPO