BADMINTON: APRENDER A TÉCNICA DO SERVIÇO CURTO

O serviço curto é o serviço mais utilizado em duplo, mas é também utilizado para os jogos em simples. Jogada muito importante para a prática do duplo senhoras, duplo homens ou duplo misto, requer uma execução muito boa, o que não é das mais fáceis na aprendizagem. Mas deveria progredir rapidamente graças aos nossos exercícios especificamente concebidos para a sua prática!

BADMINTON: APRENDER A TÉCNICA DO SERVIÇO CURTO

A trajetória do serviço curto é de razia, junto da rede, e deve cair junto da linha de serviço adversária. 
Cuidado, é muito importante saber que em duplo, a zona de serviço é mais restrita já que a zona do fundo não é utilizada aquando da colocação em jogo. 
Daí a utilização do serviço curto.

BADMINTON: APRENDER A TÉCNICA DO SERVIÇO CURTO

APRENDER A POSIÇÃO E A GESTUAL NO BADMINTON

Quase paralelo com a rede, ligeiramente virado para a parte do campo onde irá servir, as pernas no mesmo eixo, ou então o pé direito um pouco para a frente (isto depende do seu pé de "apoio"). Deverá manter uma postura bem direita.

Tem de segurar o seu volante entre o polegar e o indicador, de forma muito fina. Alguns preferem segurar inteiramente o volante, cada qual escolhe, mas neste caso específico, terá de "deixar cair" o volante para o poder bater. Pelo contrário, o facto de segurar ligeiramente as penas entre os seus dois dedos permite-lhe acompanhar o volante com a raquete, sem cortar a trajetória, portanto.

DOIS EXERCÍCIOS PARA MELHORAR O SEU SERVIÇO CURTO

Coloque duas caixas (ou cartões) de tamanho bastante grande, uma junto do T, em frente ao sítio onde irá servir, e uma mais fora de centro (zona de divórcio nas laterais) para trabalhar também os serviços que irão obrigar o seu adversário a deslocar-se para o apanhar e o obrigará então a levantar.

O objetivo é, evidentementemente, a colocação do seu volante de serviço no interior das caixas.

BADMINTON: APRENDER A TÉCNICA DO SERVIÇO CURTO

VOLUME DE TRABALHO: UMA SÉRIE DE CERCA DE 50 VOLANTES DO LADO PAR E 50 VOLANTES DO LADO ÍMPAR

Para este segundo exercício, um pouco mais difícil, encontre caixas mais pequenas, verdadeiramente reduzidas em relação ao exercício anterior, e tente apontar, evidentemente, para estas caixas. Concentre-se verdadeiramente para não colocar potência a mais no seu serviço, e pense na inclinação da raquete para que o volante faça uma razia máxima à rede e impeça que o seu adversário ataque.

Volume de trabalho: Uma série de cerca de 50 volantes do lado par e 50 volantes do lado ímpar.

Graças a todas a estas explicações, tornar-se-á o rei do serviço curto! Tem todas as cartas na mão para conseguir corretamente a sua colocação em jogo.

É consigo!