5 Dias de prática de yoga: dia 1 - equilíbrio e foco

Quando nos equilibramos, estamos a fortalecer-nos e, ao nos familiarizamos com o nosso centro de gravidade e alinhamento, melhoramos a compreensão de nós próprios.

5 Dias de Desafio - Introdução ao Yoga: Dia 1 - Equilíbrio e Foco

No nosso compromisso de 5 Dias de Yoga começamos com a muito importante prática do Equilíbrio e Foco.
O equilíbrio está ligado com a firmeza no solo, porque é a ligação que temos ao solo, à nossa coluna e ao topo da cabeça.

O nosso objetivo para hoje consiste em, através destas posturas, limpar a nossa mente e desenvolver o foco. 
Estas posturas levam cerca de 15 minutos a completar e são uma introdução às posturas para praticantes de nível principiante.

Se pretenderes uma prática mais completa, podes acrescentar outras posturas de yoga de acordo com o sentir e as necessidades do teu corpo, começando, por exemplo, com o aquecimento (postura do gato) e terminando com a postura de repouso (savasana).

Começa a prática com a respiração

Antes e após cada postura de equilíbrio, respira profundamente para limpar os pulmões.

Inspira e expira através do nariz:
Inspira contando até 3, sustém a respiração contando até 2 e expira contando até 5

Podes manter cada postura durante 5 ciclos de respiração. Deves assegurar que a prática é equilibrada, se fazes uma postura num lado, não te esqueças de a repetir no outro.

A postura da árvore

Esta é uma das mais básicas posturas de equilíbrio do yoga. No entanto, requer muita concentração para te conseguires estabilizar.

- Começa em pé, com os pés juntos

- Em seguida, coloca cuidadosamente o peso numa das pernas e dobra a outra

- Coloca a sola do pé na parte interior da coxa, ou no lado do tornozelo, da perna de suporte (não coloques o pé no joelho, para proteger as articulações)

- Junta as palmas das mãos em frente ao coração ou por cima da cabeça.


Não te esqueças de repetir a postura com a perna do outro lado.

Postura da Árvore
Postura do Barco

A postura do barco

A Postura do Barco (ou Navasana) é normalmente praticada para tonificar os músculos core da região abdominal. Mas é também uma postura sentada de equilíbrio, que requer que te equilibres no tripé formado pelos ísquios e o cóccix. Se tens problemas com o cóccix, evita esta postura ou coloca um suporte de yoga para de dar algum suporte. 
Não deves sentir dor nesta postura. Evita esta postura se estiveres grávida.

- Começa sentad@ no tapete de yoga com as pernas juntas

- Traz os joelhos para o peito e estica gentilmente as pernas, levantando os pés de forma a que o peso fique sobre os glúteos

- Assegura-te que o teu core está ativo 

- Leva as mãos aos joelhos, braços paralelos ao chão (para um melhor equilíbrio, assegura-te que os abdominais estão bem ativos) e endireita as costas e os ombros.

Se pretendes um desafio adicional, experimenta fazer 10 abdominais, baixando o corpo e as pernas até quase tocar no chão. Mantém a postura durante um ciclo respiratório antes de voltar a assumir a postura do barco.

A postura do rei dançarino

A Postura do Rei Dançarino é uma postura mais avançada que cria mais abertura nos ombros e pernas ao mesmo tempo que nos equilibramos numa das pernas. Está à vontade para experimentar esta postura, mas, como em qualquer postura, não é necessário que te apresses para alcançar imediatamente a perfeição.

- Começa de pé, com os pés paralelos à largura da anca

- Desloca lentamente o peso para a perna direita e dobra o joelho da perna esquerda levantando o calcanhar na direção dos glúteos

- Mantém a postura firme

- Sem a correia de yoga: segura a parte exterior do pé esquerdo com a mão esquerda.
- Com a correia de yoga: coloca a correia ao redor do pé esquerdo e utiliza a mão esquerda para puxar o pé para cima.

- Usando qualquer um dos métodos, levanta o pé com a sola virada para cima, afastando-o do torso e abre o peito para a frente.

- Assegura-te de que a perna não está virada para fora; mantém-na em linha com a anca e apontada para baixo

- Para um maior desafio, estende o braço direito para a frente, em frente do tronco, paralelo ao chão

Lembra-te de repetir para o outro lado, durante o mesmo tempo, para equilibrar o corpo!

Postura do Rei Dançarino

E para terminar....

... lembrar de agradecer pelo tempo que estiveste no tapete, e talvez te apeteça uma postura de repouso como a savasana (deita-te de costas por uns instantes para tomares consciência da tua respiração).
Namastê!

5 Dias de Prática de Yoga: Dia 1 - Equilíbrio e Foco

Lê o próximo artigo