Dar a conhecer o mergulho às crianças

És mergulhador e desejas partilhar a tua paixão com os seus filhos? São eles que desejam descobrir o mergulho? Do batismo às formações, descobre como iniciar os teus filhos no mergulho!

dar a conhecer o mergulho às crianças subea decathlon

OS TEUS FILHOS DESEJAM INICIAR-SE NO MERGULHO OU VOCÊS, PAIS MERGULHADORES, ESTÃO DESEJOSOS DE PARTILHAR COM ELES ESTA ATIVIDADE? SEJA QUAL FOR A RAZÃO, ALGUMAS QUESTÕES E DÚVIDAS SE COLOCAM. DESCOBRE OS NOSSOS DIFERENTES CONSELHOS PARA DAR A CONHECER O MERGULHO AOS TEUS FILHOS NAS MELHORES CONDIÇÕES POSSÍVEIS!

Porquê iniciar as crianças no mergulho? 

Para se iniciar, o teu filho deve ter vontade de descobrir o mergulho e de realizar um batismo! Certifica-te que a vontade vem realmente dele e que não é apenas para te fazer feliz ou para se parecer contigo. Esta primeira experiência pode-lhe dar vontade de prosseguir esta atividade, mas também provocar um bloqueio que poderia por fim do seu futuro como mergulhador. No entanto, é possível que o teu filho mostre apreensão ao ter de colocar a cabeça debaixo de água. É uma reação perfeitamente normal! Vai precisar de tempo e de paciência para ganhar confiança. É aqui que o papel do monitor faz toda a diferença. Evidentemente, se o teu filho já se sente à vontade como um "peixe dentro de água", a maior parte do caminho está feito! Se, pelo contrário, não está habituado à água ou existe qualquer apreensão, o melhor a fazer é adiar o batismo de mergulho.

dar a conhecer o mergulho às crianças subea decathlon
dar a conhecer o mergulho às crianças subea decathlon

A partir de que idade se pode iniciar no mergulho?

O mergulho com garrafa está autorizado a partir dos 10 anos. Esta idade está definida como a idade mínima e nenhuma estrutura, comercial ou associativa, séria, poderá desrespeitá-la. A regulamentação foi, evidentemente, estabelecida de forma a responder aos critérios específicos impostos pela idade, como a limitação de profundidade (12 metros) e a obrigatoriedade de mergulhar sempre com um instrutor.

Que escola de mergulho escolher para as crianças?

Se fores mergulhador, certamente escolherá a tua escola. Senão, privilegia um centro que esteja habituado a praticar com crianças. Para o mergulho com garrafa, é necessário um material específico e é preferível que as crianças descubram o mergulho com monitores habituados a este público jovem. Privilegia um centro familiar ou de pequena dimensão: uma pequena estrutura comercial, ou idealmente uma associação, que permita às crianças rever regularmente as mesmas pessoas se decidirem prosseguir com o mergulho e lhes dar confiança. Um bom ambiente calmo e tranquilo permitirá igualmente evitar qualquer sensação de stress. Acompanhares o teu filho no barco nem sempre é uma boa ideia, contrariamente ao que possas imaginar. Por um lado, se ele for mais tímido, a tua presença poderá isolá-lo dos outros mergulhadores e, consequentemente, da atividade em geral. Por outro lado, podes ficar ansioso de o ver desaparecer debaixo de água, acabando por lhe transmitir os teus medos. No entanto, a presença de um amigo para poder partilhar esta experiência com ele é uma excelente ideia! Não te esqueças que, para isso, vais precisar de uma autorização parental escrita.

Onde realizar um batismo de mergulho?

O mergulho com garrafa pode ser realizado no mar ou em piscina. Em teoria, as estruturas aconselham muitas vezes a iniciar-se na piscina por razões bem lógicas: ausência de trajeto de barco, condições meteorológicas que não entram na equação, logo sem o risco de indisposições nem apreensão para as crianças.
O batismo da criança em piscina permite-lhe iniciar-se no mergulho num ambiente protegido, controlado e que provavelmente já conhece.
O batismo no mar para as crianças é desaconselhado? Não! O objetivo do mergulho é descobrir um novo universo, o que parece difícil quando se mergulha numa piscina. Assim, a escolha dependerá essencialmente do seu local de residência.
No caso de uma iniciação no mar, assegura-te que todas as condições favoráveis se encontram reunidas (bom tempo, temperatura de verão...). Se, no dia do batismo, o tempo não estiver bom, qualquer escola ou clube de mergulho sérios não o aconselharão a entrar na água e com certeza o mergulho será adiado.

dar a conhecer o mergulho às crianças subea decathlon

Mergulho, um bom método para sensibilizar as crianças para a fauna e flora marinhas 

O mergulho permite sensibilizar as crianças para o respeito pela vida subaquática. No mundo atual, onde a poluição está cada vez mais presente, dar a conhecer o mergulho às crianças permitirá mostrar-lhes que o ecossistema marinho deve ser protegido. Assim, ele poderá tornar-se num mergulhador e cidadão responsável. Já lhe explicaste provavelmente que não se deve deitar lixo no chão, mas ele ficará a saber que o lixo deixado na natureza tem uma forte probabilidade de ir parar ao mar e participar na destruição do mundo subaquático, e não é nada agradável observar latas de bebidas ou outros detritos durante os seus mergulhos! Ele perceberá que não deverá tocar no ambiente no qual se desloca para não correr o risco de o danificar, assim como a proibição de trazer lembranças do fundo do mar. Mesmo que a ideia seja por vezes ser tentadora para uma criança!