Logo header como escolher skis de fundo

OS 10 MANDAMENTOS PARA PRATICAR CAMINHADA EM SEGURANÇA  

Para aproveitar ao máximo os seus passeios na montanha, propomos-lhe um recapitulativo sobre os reflexos de segurança especial caminhada. Nunca mais se vai esquecer de avisar um amigo antes de sair, ter sempre o estojo de primeiros socorros prontos, vacinas em dia e a pele protegida contra os pequenos insetos. Nada mais o impedirá de partir à aventura!

número 1

ESTAR ATENTO À METEOROLOGIA

Mesmo se os praticantes de caminhada mais destemidos saem sob qualquer tempo, ou quase, saiba adiar uma saída se o tempo não lhe parecer muito favorável. Com efeito, se o seu itinerário exige uma visibilidade muito boa ou pode ficar escorregadio e perigoso após uma aguaceiro forte, é melhor rever os seus planos. Seja ainda mais prudente se pratica caminhada com crianças, para a segurança deles mas também para o seu estado de espírito. Recomendamos que verifique a meteorologia na véspera mas também fazer um ponto de situação de manhã antes de sair. Prefira os boletins locais e se necessário cruze várias fontes. A solução mais intuitiva é ter uma aplicação de meteorologia com notificações para o prevenir de qualquer mudança brutal da meteorologia  

Os 10 mandamentos para praticar caminhada em segurança
número 2

PREVENIR FAMILIARES OU AMIGOS DO ITINERÁRIO E DA HORA DE REGRESSO PREVISTA

Já não previne os seus pais ou familiares desde que é maior de idade. Este hábito pode no entanto servir de grande ajuda na prática de caminhada. Quer pratique caminhada sozinho ou em grupo, não está protegido de algum imprevisto ou acidente e ficar sem bateria ou rede de telemóvel. Obviamente que estamos a falar do pior cenário. Mas infelizmente este tipo de situações não acontece só aos outros.

Lembre-se por isso de informar um familiar, membro da sua família ou amigo do itinerário e da hora de regresso prevista. Isto permitirá que fique alerta caso não esteja de regresso duas horas após o horário previsto e avisar se necessário os meios de socorro. Permitirá também facilitar o trabalho destas equipas caso sejam avisadas atempadamente e encontrá-lo mais facilmente.

Torne este hábito sistemático, quer saia durante umas horas ou durante um dia inteiro.

 

número 3

RESPEITAR O SEU RITMO E O DOS PRATICANTES DO GRUPO

A caminhada é um desporto acessível, mas que envolve muita energia. Poupe-se de acordo e respeite o ritmo do seu corpo.

Isto evitará os golpes de cansaço e as desatenções geralmente associadas como tropeçar numa raiz ou escorregar. O calçado Quechua equipado com a tecnologia CrossContact proporcionam-lhe uma boa aderência em terrenos variados.

Os 10 mandamentos para praticar caminhada em segurança
número 4

LEVAR A SÉRIO A ACROFOBIA

O medo do vazio é bastante comum, a acrofobia atinge cerca de 2% a 5% da população. Mesmo que não preveja subir grandes escarpas, arrisca-se a qualquer momento durante o percurso a ter que atravessar uma passagem estreita ao longo de uma ravina. Se a sua acrofobia for considerável, prepare o seu itinerário de acordo.
Se pratica caminhada em grupo, partilhe a sua fobia com os outros membros do grupo para que eles o apoiem e o ajudem caso necessário, mas sobretudo para que não o forcem ou empurrem nalguma situação mais delicada, com consequências imprevisíveis.
Existem meios de combater a vertigem e mesmo de a ultrapassar.

número 5

MANTENHA-SE CONCENTRADO ATÉ AO FIM DO PERCURSO

Tal como numa grande parte dos acidentes de viação que acontecem em pequenos trajetos conhecidos, é no final de uma caminhada, quando se aproxima o objetivo final em que muitas vezes o terreno se torna mais fácil, que surgem os acidentes. Efetivamente, o cansaço pode torná-lo mesmo atento. Mantenha-se bem concentrado do início ao fim da sua caminhada. Faça pausas, hidrate-se e alimente-se corretamente para recarregar as baterias ao longo da caminhada.
Lembre-se dos bastões para minimizar o cansaço e ter o pé mais seguro.

TER SEMPRE ÁGUA E COMIDA À MÃO

Quer utilize um cantil ou uma bolsa de água, não espere sentir sede para se hidratar! Mesmo que a caminhada não o faça transpirar tanto como uma sessão de corrida, não se esqueça que um adulto perde em média 2,5 litros de água por dia. Esta água deve ser renovada para permitir que os músculos e todo o organismo funcionem da melhor forma.
É por isso indispensável levar água suficiente para toda a duração do percurso (pelo menos 1 litro por pessoa, idealmente 2 litros/pessoa).
Finalmente, lembre-se de beber antes, durante e depois da caminhada para recuperar da melhor forma.  Não hesite também em levar uns snacks consigo. Prefira os alimentos “secos” que têm uma melhor relação peso/energia. Recomendamos que leve barras de cereais integrais ou frutos secos em vez de uma maçã que ocupará mais espaço e fará mais peso na mochila.

Os 10 mandamentos para praticar caminhada em segurança
Os 10 mandamentos para praticar caminhada em segurança

PROTEGER-SE DOS INSETOS

A montanha é um meio povoado de grandes e pequenos animais. Os insetos, por mais pequenos que sejam, podem causar grandes incómodos. Mais vale prevenir! As abelhas e vespas: com o bom tempo, estas aproximam-se dos seus alimentos açucarados ou sandwichs. O melhor é manter-se vigilante a cada dentada. Em caso de picada de algum deverá atuar de imediato e retirar o dardo residual, sem o esmagar para não correr o risco de injetar mais veneno. Uma vez a manipulação terminada, limpe a zona afetada e aplique se necessário uma pomada calmante. Este cuidado também é útil em caso de contacto com plantas urticárias. Os mosquitos: saem normalmente ao final do dia e encontram-se preferencialmente entre os 600 a 2.200 m. O que precauções adotar para um serão tranquilo? Coloque um roll-on anti-mosquitos no seu estojo de farmácia antes de partir. E quando se for deitar, apenas lhe recomendamos uma coisa: fechar a rede mosquiteira da sua tenda! Os moscardos: encontra estes insetos próximo de pastagens ou rios. Picaram-lhe? Não se demore e desinfete (sem fazer força) a zona antes de aplicar um creme anti-inflamatório que alivie a dor. As carraças: transmissores da doença de Lyme nalgumas zonas florestais, vivem nas ervas altas e em zonas de fetos. O seu gesto preventivo: vestir umas calças que tapem as pernas, de cor clara. Consegue assim avistar imediatamente uma carraça que se cole às suas calças. Em caso de picada, deve retirar a parte que ficou debaixo da pele com a ajuda de um removedor de carraças. Se surgir febre, deve ser visto rapidamente por um médico. 

Os 10 mandamentos para praticar caminhada em segurança

VESTIR-SE PARA SER VISTO

Respeitou corretamente a técnica das três camadas para se vestir.

Mas penso em vestir roupa bem visível?

Efetivamente, como visto em cima, a meteorologia pode mudar rapidamente e arrisca-se a não ser visível debaixo de chuva. Não está protegido de um encontro com um cavaleiro ou um praticante de BTT. Opte por roupa com cores vivas com bandas refletoras.

Se o tempo estiver mau ou esteja a caminhar ao nascer do dia ou ao pôr do sol, equipe-se com uma lanterna frontal.

KIT DE SOCORRO

LEVAR SEMPRE UM ESTOJO DE PRIMEIROS SOCORROS NA MOCHILA

Parceiro de todas as suas caminhadas, mesmo as de curta duração, o estojo de farmácia está sempre presente na sua mochila. Presente, mas também verificado regularmente para ter a certeza que o seu conteúdo possa ser utilizado se necessário. 

Conhece as 7 regras de ouro do “Leave no trace”?

RESPEITE A FILOSOFIA “LEAVE NO TRACE”

Os trilhos são os seus melhores amigos. Um caminho bem sinalizado e cuidado proporciona-lhe maior segurança. É por isso indispensável respeitar o meio ambiente. Lembre-se de gerir corretamente o seu lixo!  

símbolo perigo

ATENÇÃO: NÃO SE ESQUEÇA DE TER AS VACINAS EM DIA

Para as suas práticas desportivas tal como no seu dia-a-dia, é importante ter as vacinas em dia, nomeadamente a do tétano. Esta doença pode ser contraída por uma ferida com terra ou pelo contacto com fezes de animais: situações muitas vezes presentes durante as suas caminhadas. Lembre-se que um reforço da poliomielite está previsto aos 25 anos, 45 anos e de 10 em 10 anos após os 65 anos. Se vai para o estrangeiro, verifique as recomendações sanitárias de cada país.

O nosso conselho: esta precaução deve ser prevista com antecedência, uma vez que as injeções de vacinas podem estender-se ao longo de várias semanas.

Agora já se encontra alertado e preparado para caminhar em todos os terrenos e próximo dos seus habitantes, pequenos e grandes.

DESCUBRA OS NOSSOS MELHORES CONSELHOS

Conselhos
caminhada: algumas regras do jogo - teaser
Ensaio, penalidades, bolas de jogo… Conhece as regras do ténis ou de rugby de cor. E a caminhada nisto tudo? Mesmo que não existam regras do jogo universais propriamente ditas, a atividade rege-se por grandes princípios e cada espaço pode também ter o seu próprio regulamento a aplicar.
VOLTAR PARA O TOPO