Logo header como escolher skis de fundo

CAMINHAR COM CHUVA JÁ NÃO SERÁ UM PROBLEMA: Descubra as nossas 8 dicas

Caminhar na primavera e no outono pode proporcionar boas surpresas, por isso seria uma pena não aproveitar com medo de apanhar um pouco de chuva! Quando a meteorologia é variável, os trilhos são menos frequentados, por isso o melhor é equipar-se corretamente para enfrentar o clima e aproveitar. De qualquer modo verifique que a meteorologia não é ameaçadora!

PARA SE MANTER SECO, A IMPERMEABILIDADE É A PRIMEIRA PALAVRA QUE LHE VEM À CABEÇA. NO ENTANTO, EQUIPE-SE COM MATERIAIS QUE SEJAM IMPERMEÁVEIS E RESPIRÁVEIS PARA NÃO CORRER O RISCO DE FICAR MOLHADO COMA PRÓPRIA TRANSPIRAÇÃO. PARA ALÉM DO INCÓMODO, O RISCO DE HIPOTERMIA NÃO DEVE SER NEGLIGENCIADO.

número -1

CERTIFIQUE-SE QUE TEM A COMBINAÇÃO CIMA/BAIXO IMPERMEÁVEIS DE BASE

Casaco, e sobrecalças impermeáveis são duas peças indispensáveis. Muitas vezes leves e fáceis de colocar na mochila. Algumas sobrecalças vêm equipadas com fechos de correr ao longo da perna para poder colocá-las sem ter de se descalçar. O ponto forte: Relativamente à parte de cima, existem duas teorias: os adeptos do poncho e do casaco. O poncho tem a vantagem de o proteger a si e à sua mochila.No entanto, com vento pode tornar-se rapidamente incómodo e pode também dificultar ver onde coloca os pés. O casaco não protege a sua mochila mas proporciona-lhe grande liberdade de movimentos. Neste caso pense em proteger também a sua mochila com uma capa. Algumas mochilas Quechua vêm com uma capa integrada.  

número 2

NÃO ESQUEÇA OS SEUS PÉS, DEBAIXO DE CHUVA, NEVE OU VEGETAÇÃO ALTA

Caminhar com os pés molhados nunca é agradável podendo favorecer as fricções e criar incómodo. Lembre-se de usar calçado resistente à água. Atenção, o calçado impermeável não tem todo o mesmo nível de impermeabilidade. Existem três níveis de impermeabilidade que correspondem a um número de flexões, ou seja um número de passos:
- 2000 flexões (cerca de 4 Km de caminhada)
- 4000 flexões (cerca de 8 Km de caminhada)
- 8000 flexões (cerca de 16 Km de caminhada).

Se o seu calçado já tem alguns anos de caminhadas, não hesite em reimpermeabilizá-los na véspera da caminhada. Se atravessar riachos, opte por tirar o seu calçado e meias e prefira um calçado aberto ou sandálias (atenção que sandálias de couro não podem ser usadas dentro de água). Seque os pés antes de voltar a colocar o calçado. Lembre-se de levar um par de meias sobresselentes.

Caminhar com tempo seco: descubra as nossas 8 dicas - casaco capuz
número 3

PROTEJA TAMBÉM O SEU ROSTO DAS GOTAS DO SEU CAPUZ

Para poder conservar uma boa visão e evitar que a água escorra para o seu pescoço, pode usar um boné com uma viseira por baixo do seu capuz que permitirá a eliminação da água para a frente.

Ponto forte: A Quechua criou casacos impermeáveis com um capuz 3D e viseira rígida que evita que tenha água na cara. Estes capuz são reguláveis para se adaptarem perfeitamente e protegê-lo da melhor forma e existem em todos os casacos da nossa gama 500 e 900 de Caminhada Montanha.

número 4

LEVE UM GUARDA-CHUVA LEVE E COMPACTÁVEL

Pode parecer surpreendente mas um guarda-chuva é, apenas em caso de aguaceiros, um bom complemento à sua indumentária. É mesmo um elemento indispensável nalguns países sujeitos a chuvas fortes tipo monção onde os aguaceiros e as temperaturas elevadas tornam-no no acessório perfeito para se manter seco sem ter demasiado calor.

Ponto forte :Obviamente se a previsão forem trovoadas, deve evitar utilizá-lo.

número 5

INVISTA EM ROUPAS TÉCNICAS RESPIRÁVEIS PARA EVITAR O “EFEITO SAUNA”

É de facto importante que a roupa utilizada debaixo de um casaco impermeável elimine corretamente a humidade do corpo. Caso contrário ficará encharcado....por causa da sua transpiração! Descubra no nosso artigo como calcular a respirabilidade dos materiais. Ponto forte :temos tendência a apertar os fechos na ponta das mangas para evitar que a água entre por aí. Isto significa que terá mais calor. Rapidamente o seu casaco transforma-se numa sauna, por mais respirável que seja.

PROTEJA A SUA MOCHILA NO EXTERIOR MAS TAMBÉM NO INTERIOR

Manter-se seco é essencial mas se a muda de roupa que leva na mochila apanhar água, todo o seu esforço foi em vão. 
Cobrir a mochila com uma capa impermeável pode ser um bom princípio. Mas nem sempre é suficiente. Com efeito, a água pode escorrer ao longo das suas costas e na parte de trás da mochila.
O ideal é embalar os seus pertences em sacos de plástico para que se mantenha tudo seco mesmo se a capa e a mochila ficarem molhadas. Pode até proteger os seus pertences ganhando espaço dentro da mochila utilizando uma bolsa de compressão estanque.

Caminhar com tempo seco: descubra as nossas 8 dicas - bolsas

OFEREÇA UMA PROTEÇÃO ESTANQUE AOS SEUS PERTENCES VALIOSOS

Mapa, máquina fotográfica, documentos e telefone devem receber um tratamento ainda mais eficaz. O melhor é equipar-se com bolsas estanques que garantem que mesmo após uma breve imersão os pertences guardados no seu interior mantêm-se perfeitamente secos. Uma para o mapa que permite consultá-lo mesmo debaixo de chuva e outra para os pertences que ficam na mochila. Ponto forte :O nosso casaco impermeável Forclaz 900 está equipado com bolsos exteriores com fecho de correr estanques para manter os seus pertences valiosos secos e sempre à mão.

OTIMIZE A SECAGEM DURANTE A NOITE

Se passou o dia debaixo de chuva e pratica caminhada em estrela, ou seja caminhando durante o dia e regressando no final do dia ao acampamento base, lembre-se de secar o material utilizado durante o dia para estar pronto no dia seguinte. Mesmo se o seu primeiro reflexo será responder às necessidades básicas tal como comer ou descansar, perca alguns minutos para pendurar ou colocar os pertences direitos e protegidos de um eventual aguaceiro que possa ocorrer durante a noite.
Se por azar o interior do seu calçado estiver molhado, retire as palmilhas interiores, desaperte os atacadores e sobretudo evite colocá-los muito próximo de uma fonte de calor correndo o risco de os deformar e ter dores nos pés no dia seguinte!

Ponto forte :pode também aproveitar as abertas durante o dia para secar os seus pertences pendurando-os na mochila (com a mochila previamente seca) ou numa árvore durante uma pausa. Cada raio de sol deve ser aproveitado.

 

O conselho de segurança: Caminhar com um pequeno aguaceiro é uma coisa, caminhar debaixo de uma chuva forte a bater e sem visibilidade é outra coisa muito diferente.
Recomendamos que apenas pratique caminhada se as condições de visibilidade forem boas. 
E mesmo que não proteja da chuva, lembre-se de levar uma ou mais lanternas frontais adaptáveis a diferentes suportes para permitir que seja visível mesmo a grande distância.

Neste momento está pronto para enfrentar a chuva, quer seja num curto passeio ou uma caminhada de dia inteiro! E você, quais são os seus pequenos truques para se manter seco durante as caminhadas? Partilhe nos comentários!

DESCUBRA OS NOSSOS CONSELHOS SOBRE CAMINHADA

Conselhos
Tempestade na montanha, o que fazer - teaser
Joël Roux, guia na montanha, indica-lhe o que deve fazer em caso de tempestade na montanha. O céu na montanha é caprichoso e reserva por vezes surpresas estranhas.

MARGAUX

AUTORA CONSELHOS CAMINHADA NA NATUREZA
VOLTAR PARA O TOPO