Como levar as crianças a gostarem de ski?

Sabemos bem que esquiar com crianças pode por vezes ser complicado. Michael, chefe de produtos têxteis criança partilha conosco a sua visão e experiência do ski em família. Conselhos a não perder antes de ir de férias!

Como levar as crianças a gostarem de ski?

6 Perguntas para o micheal

Chefe de produtos têxtil criança

Bom dia Michael, então, apresenta-nos os teus filhos:

Tenho 3 filhos: Elona, a mais velha, tem 14 anos. Inaya 10 anos e o pequeno Niels com 4 anos.

1. A partir de que idade os começaste a levar contigo para as pistas e como se adaptaram eles a essas primeiras saídas?

Os meus filhos iniciaram o ski entre os 3 e 4 anos com skis de crianças nos pés adaptados à morfologia deles. O inverno anterior tinha sido apenas para experimentar e descobrir a sensação do deslize com uski. Da minha experiência como pai, as crianças com menos de três anos são muito rápidas a desligar-se, não é fácil mantê-las nos skis. Existem algumas exceções,é claro, mas de uma forma geral o desenvolvimento psicomotor não é suficiente para que a criança tenha prazer.

2. O que é que eles gostam em particular no universo do ski?

O Niels, por exemplo, quis fazer como os grandes e reproduzir o que fazia a mãe e o pai e as suas irmãs. Foi uma boa motivação para se iniciar no ski! De uma forma mais simples, a neve é um elemento mágico com um universo muito lúdico associado às férias que as crianças podem descobrir desde muito pequenos. Brincar na neve é a atividade favorita dos mais pequenos. A descoberta do deslize, muitas vezes por meio do trenó, é uma boa forma de se iniciar e posteriormente passar para a aprendizagem do ski ou do snowboard.

levar as crianças a adorarem o ski media 1

3. Como se procedeu à aprendizagem? (Recorreste a um instrutor ou foste tu próprio que os ensinaste?)

Tal como muitos pais, pensei que era capaz de ensinar os meus filhos a esquiar...grande erro! O monitor da ESF conseguiu em 1h30 a fazer aquilo que eu não fui capaz em uma semana. Cada um com a sua profissão. Claro que por vezes é possível ensinar ski aos filhos. Mas se vai uma semana de férias, recomendo que tenha algumas horas com um monitor de ski, irá ver o seu filho a evoluir muito mais rapidamente e poderá de seguida aproveitar as pistas com ele.


4. Quais as dificuldades que as crianças mais frequentemente encontram?

O material e a roupa são as maiores dificuldades para os mais pequenos. Botas de ski demasiado rígidas, casaco e calças com muito volume, capacete pesado, máscara não adaptada à morfologia do rosto, luvas difíceis de colocar....as crianças desenvolvem por estas razões uma dependência dos adultos. É por isso que na Wed’ze trabalhamos em conjunto sobre estes elementos.

Todos os chefes de produto inovam e trabalham sobre a globalidade destes produtos para libertar as crianças, dar-lhes autonomia e permitir-lhes que se concentrem num só ponto: aprender a fazer ski ou snowboard.

levar as crianças a adorarem o ski media 3

5. Apesar das diferenças de idade, conseguem esquiar todos juntos? Se sim, de que forma o conseguiste?

Ainda não. O inverno passado, o Niels ainda não conseguia acompanhar as irmãs. Deixámo-lo progredir ao ritmo dele no parque de neve. Este inverno, penso que já será possível em pistas adaptados para o nível dele, prevêem-se momentos agradáveis!

6. Quando se enervam ou acham que não conseguem, qual é a tua atitude?

As crianças que se enervam é muito frequente, basta olhar para as pistas de ski! Todos os pais conhecem os seus filhos e reagem em conformidade, pelo que não podemos dar conselhos reais sobre este ponto. Para mim, quando um dos meus filhos fica enervado, tento colocar as coisas no seu lugar: "estamos aqui para nos divertirmos, para brincar, certamente não para ficarmos zangados ou magoados". A melhor atitude é eliminar qualquer forma de pressão sobre a criança e de ter muita paciência!

Na minha opinião, um dia de ski deve ser um dia de partilha e prazer, um bom momento com a família. Sem número definido de pistas, sem tempo definido, um boa pausa para lanchar ao meio-dia, contemplação máxima do panorama, respiramos e todos temos um sorriso no rosto.

Ah, já me esquecia, pausa para Selfies de 5 em 5 minutos para a mais velha;)

Esta continua a ser a minha visão do ski em família e todos são livres de abordar o esqui em família e o snowboard como acharem melhor. Não há regras, não há bons conselhos, mas apenas uma experiência de pai partilhada com vocês!

Como levar as crianças a gostarem de ski

Chloé

Equipa de comunicação Wedze, apaixonada por ski e snowboard