COMO AJUSTAR ADEQUADAMENTE A SUSPENSÃO?

O aparecimento das suspensões dianteira e traseira revolucionou a prática de BTT… Para tirar partido e aproveitar ao máximo as mesmas, deves aprender a ajustá-las. Este ajuste é importante e pessoal, uma vez que depende do teu peso e da tua prática. Apresentamos algumas indicações e os parâmetros a utilizar para que ajustes corretamente as suspensões para transpor todos os tipos de terrenos acidentados com total segurança!

Como ajustar adequadamente a suspensão?

Para um bom funcionamento, a suspensão dianteira deve ser ajustada em função do peso do praticante. São ajustados dois elementos da suspensão: o curso e o amortecimento.

1. AJUSTE DO CURSO

Através do efeito das irregularidades do terreno, as bainhas de suspensão sobem pelos êmbolos para amortecer os impactos. Esta é a amplitude de movimento designada de «curso».

Para verificar se o ajuste do curso é adequado, coloca uma abraçadeira de fita no topo de uma das bainhas de suspensão e ao redor de um êmbolo.

Senta-te no selim, coloca os pés nos pedais e as mãos no guiador, segurando-te ou apoiando-te num muro ou parede com o cotovelo.

O nosso conselho: para esta fase, equipa-te com o equipamento de ciclismo normal para não alterar o peso habitual durante as tuas sessões.

Através do efeito do teu peso, a bainha de suspensão sobe pelo êmbolo e faz subir a abraçadeira de fita.

O curso obtido equivale à distância entre a abraçadeira e a parte superior da bainha da suspensão.

Como ajustar adequadamente a suspensão?

Calcula a proporção desse curso com o curso máximo da suspensão, o denominado SAG (em inglês significa afundamento).

Exemplo: se a suspensão tiver um curso máximo de 100 mm, mas no teste anterior mediste 28 mm, obtiveste uma relação de 28%.

O ajuste correto da suspensão dianteira depende da tua prática, porém, 25% de curso é uma boa base de referência em função percursos e das sensações.

Observação: um especialista em descidas procura aumentar essa relação; já um praticante de Cross Country usa uma relação inferior a 25%.

Para reduzir essa relação, coloca ar no êmbolo esquerdo através de uma bomba de alta pressão específica para a função. Para a aumentar, retira um pouco de ar até obteres o ajuste correto.

2. AJUSTE DO AMORTECIMENTO

O ajuste do amortecimento é feito com base nos tempos de resposta da suspensão. Uma velocidade de reação lenta é mais adequada a reduzidas amplitudes da suspensão, ao passo que uma velocidade de reação rápida é necessária para as compressões com amplitudes acentuadas. Em determinados modelos, é também possível ajustar o amortecimento através de um botão rotativo situado sob o tê direito da suspensão ou na parte superior da suspensão.

Como ajustar adequadamente a suspensão?

Se a tua BTT não tiver um botão rotativo de ajuste, coloca ar (com a bomba de alta pressão para suspensões) na câmara da parte inferior para modificar o funcionamento da mola.

Se a tua bicicleta tiver um botão rotativo, roda-o para o símbolo «+» para obter uma reação mais rápida ou «-» para uma reação mais lenta.

Observação: em determinados modelos, encontrarás as inscrições «Faster» e «Slower».

A suspensão U-Fit foi concebida para simplificar ao máximo esses ajustes. Elemento inovador: roda o botão rotativo até surgir o teu peso na parte superior da suspensão.

Essa ação conferirá uma maior ou menor compressão à mola para a adaptar ao teu peso.

AJUSTE DA SUSPENSÃO TRASEIRA

O seu funcionamento é semelhante ao de uma suspensão dianteira, devendo ser ajustados os respetivos curso e tempo de reação.

1. AJUSTAR O CURSO DA SUSPENSÃO TRASEIRA

Desmontado da bicicleta, mede a distância entre o centro das porcas de fixação e o amortecedor.

Sobe para a bicicleta com o teu equipamento habitual e coloca os pés nos pedais. Segura-te ou apoia-te num muro ou parede com o cotovelo e realiza uma nova medição da distância entre o centro das duas porcas de fixação.

Divide a segunda medição pela primeira e multiplica o valor por 100. Uma relação de 25% a 30% permite começar a afinação, de acordo com a tua prática e as tuas sensações.

Tal como para a suspensão, para realizar este ajuste, retira o ar ou aciona a bomba de alta pressão para encher de ar até obter o ajuste correto.

2. AJUSTAR O TEMPO DE REAÇÃO

Faz alguns testes antes de ajustar o amortecimento da suspensão traseira. Alguns amortecedores dispõem de um botão rotativo para regular a recuperação.

Atenção: ao definir um tempo de reação demasiado rápido, a bicicleta torna-se desconfortável e será menos maneável.

Além disso, se tiveres uma bicicleta com suspensão total, deves manter um equilíbrio entre o amortecedor traseiro e a suspensão.

Para verificar o equilíbrio dos amortecedores, coloca-te ao lado da bicicleta e pressiona o centro do tubo superior do quadro. Observa a reação da suspensão e do amortecedor. Numa prática «normal», as duas suspensões deverão apresentar um afundamento idêntico.

Podes agora ajustar as suspensões dianteira e traseira para desfrutares das qualidades técnicas da bicicleta e de uma prática confortável. Após os ajustes, não te esqueças de controlar o estado das juntas das suspensões e substituir as mesmas se apresentarem um desgaste muito avançado.

Como ajustar adequadamente a suspensão?