As bases da sinalização marítima

Chegou a hora de navegar e dos prazeres náuticos ! Mas antes de deixar o porto para uma longa travessia à vela ou para uma pequena saída em família, é importante assegurar-se que conhece bem a sinalização marítima: as balizas marítimas asseguram a segurança de todos. Dão-lhe indicação dos perigos que pode encontrar e do comportamento a adotar perante estes. Deve respeitá-las, qualquer que seja o tipo da sua embarcação.

destino marítimo

Algumas praias estão balizadas para a segurança dos banhistas e das embarcações de recreio. Isto é efetuado delimitando zonas para cada atividade.

O BALIZAMENTO DAS PRAIAS DESTINADAS ÀS EMBARCAÇÕES DE RECREIO

Nas proximidades das praias, pode encontrar 3 tipos de boias com significados diferentes:

a: Boias esféricas de 200 em 200 metros para delimitar a faixa costeira dos 300 metros, estando mais próximas quando delimitam uma zona de banhos 
b : Boias de canal cilíndricas que ficarão a bombordo quando vem de offshore em direção à praia;
c: Boias de canal cónicas que ficam a estibordo quando vem de offshore em direção à praia.

Não se esqueça: as zonas de banho estão reservadas exclusivamente aos banhos. É estritamente proibido entrar nessa zona com um veleiro ou um barco a motor.

AS BALIZAS DE ENTRADA DE PORTO PARA AS EMBARCAÇÕES 

Nas entradas dos portos, encontra marcas laterais que indicam o caminho que tem de seguir. Evite sair dos canais indicados..

Deve dar bombordo às balizas vermelhas quando entra no porto. De noite, elas reconhecem-se pelo sinal luminoso vermelho.

Deve dar estibordo às balizas verdes quando entra no porto. Têm igualmente sinais luminosos de cor verde.

Mas cuidado com os hábitos: esta sinalização marítima não é válida em todo o mundo. Nalguns continentes ou países, está invertida. É o caso dos departamentos franceses ultramarinos.

Então, antes de partir, verifique bem a sinalização em vigor nos locais onde pretende navegar!

AS MARCAS CARDINAIS, DEDICADAS AOS PERIGOS NO MAR

Exite uma baliza para cada ponto cardinal. Cada uma delas permite saber onde se localiza o perigo e de que lado deve passar.  

tabela

AS BALIZAS DE PERIGO ISOLADO E BALIZAS DE ÁGUAS LIMPAS

Muito práticas, as balizas de perigo isolado permitem localizar com exatidão um perigo, uma vez que a baliza se encontra exatamente em cima!

Pequeno conselho: como velejador de recreio informado, conserve uma distância de segurança quando encontrar uma destas boias.

Estas balizas de perigo são facilmente identificáveis dentro de água, devido à coloração preta com faixas vermelhas. Têm ainda 2 bolas de cor preta por cima.

Quanto às balizas que assinalam águas limpas, estas indicam águas profundas: onde não há nenhum perigo para a navegação nas proximidades. Estas boiais têm riscas verticais vermelhas e brancas.

 

MARCAS ESPECIAIS: ZONAS INTERDITAS À NAVEGAÇÃO

As marcas especiais reconhecem-se facilmente pela cor amarela e pela cruz, também de cor amarela, situada no topo.

ATENÇÃO: estas boias delimitam uma zona estritamente interdita à navegação. Pode tratar-se de uma zona militar, zona de cabos submarinos ou ainda um zona de obras. Passe longe destes locais!

UMA SINALIZAÇÃO MARÍTIMA PARA IDENTIFICAR NOVOS PERIGOS

Os «novos perigos no mar» são perigos que foram recentemente identificados. Ainda não aparecem nas cartas marítimas. Para os assinalar, utiliza-se a sinalização marítima clássica.

Se o perigo for realmente importante, então a sinalização pode ser duplicada: irá encontrar 2 balizas idênticas ou 2 balizas cardinal. Sinal que deve redobrar a atenção!

Seguir a sinalização marítima atual permite-lhe navegar com toda a segurança.

Mas só por si não é suficiente: lembre-se de verificar corretamente o equipamento de segurança do seu barco, o equipamento de vela e o seu colete salva-vidas (ir para o conselho como escolher o seu colete salva-vidas)

Com isto tudo, poderá sair para o mar sem preocupações e navegar até às águas profundas com toda a calma!

RECOMENDAMOS IGUALMENTE OS NOSSOS CONSELHOS VELA