A IMPORTÂNCIA DA HIDRATAÇÃO NO MAR

O seu corpo agradece!

Homens vela de cruzeiro

Já ouviu com certeza esta frase e é a doutrina de todo o desportista, qualquer que seja o seu nível: “tem de beber água antes de ter sede e comer antes de ter fome” ! Pensa que está protegido da desidratação quando pratica desportos de água? Engane-se, o vento, a água salgada, o sol e o esforço fazem-no perder imensa água. Então não espere mais para beber um pequeno golo (de água), o seu corpo irá agradecer-lhe, vou explicar-lhe porquê. 

O QUE É A DESIDRATAÇÃO?

O corpo humano é composto de 60% de água, a desidratação surge quando há um aumento de perda de água - urina, transpiração, etc - que não é compensada por uma ingestão suficiente de água. Cada dia, o nosso corpo elimina 2 a 3 litros de água e a nossa alimentação e absorção de água compensa naturalmente esta perda. Durante um esforço físico, o fenómeno de sudação é acentuado e podemos perder vários litros de água por hora. Hidratar-se regularmente torna-se por isso vital!

OS SINTOMAS DA DESIDRATAÇÃO

Antes mesmo de sentir sede, os primeiros sintomas de uma hidratação deficiente podem surgir e são vários. Em primeiro lugar, uma diminuição da quantidade de urina e com uma coloração mais escura. Depois aparece a sensação de sede que já é um sintoma de perda de peso em água de cerca de 1%. De seguida, a falta de água pode levar a várias sensações incomodativas para o desportista: falta de energia, sensação de fadiga, baixa performance física, dor de cabeça e tonturas na passagem para a posição de pé.

HIDRATAÇÃO E DESPORTOS DE VELA

Os marinheiros temem duas coisas: a desidratação e o esgotamento devido ao calor. No mar, o esforço físico, a exposição ao sol acentuada pelo efeito da reverberação sobre o barco e as velas assim como o vento que seca, aceleram a perda de água e consequentemente o fenómeno de desidratação. Dou-lhe alguns pequenos conselhos para se manter hidratado e eficiente!

Homem hidratando-se no mar

OS NOSSOS PRECIOSOS CONSELHOS

1- Hidratar-se antes, durante e após o esforço

2- Beber o equivalente a um copo de água de 20 em 20 minutos

3- Beber água sem gás ou verificar que o teor de sódio da sua água com gás não é muito elevado

4- Fique atento à hidratação das crianças e das pessoas idosas que são mais sensíveis

Resumindo, quando sair para o mar de barco, assegure-se de ter água potável suficiente para toda a duração do passeio. Mais vale ter a mais do que a menos!