A guia~Tem geralmente um comprimento de 8 metros e permite trabalhar o cavalo num círculo de 18 a 20 m de diâmetro. Deve ser robusta e oferecer uma boa preensão.

O cabeção~A guia atua ao nível do chanfro do cavalo através das argolas da focinheira. Na utilização de rédeas, não existem interferências ao nível da embocadura entre as ações da guia e as ações das rédeas.

A junção de guia~Permite unir as duas argolas do bridão e possui uma argola de 360°. O ponto de fixação da guia fica situado a meio entre as duas argolas da embocadura.

O chicote

É o prolongamento da mão do praticante para reforçar as suas indicações por voz. Deve ser leve e equilibrado para evitar a fadiga ao nível do pulso, ter um comprimento suficiente para atingir o cavalo nas zonas do corpo pretendidas e ao mesmo tempo manter uma distância de segurança, sem perturbar a regularidade do trabalho.

 

ALGUMAS PRECAUÇÕES

Para praticante de equitação:~- usar luvas para garantir uma boa preensão e evitar queimaduras em caso de solicitações mais intensivas quando se trabalha com potros ou cavalos difíceis.~- nunca usar esporins para evitar que a guia fique presa nos pés.

Para o cavalo:~- Proteger os seus membros com caneleiras e protege-boletos ou com ligaduras de polo, eventualmente com cloches.

ESTES CONSELHOS PODEM INTERESSAR-LHE