Domyos

MÉTODO PILATES: PORQUE É TÃO EFICAZ?

Desenvolver o corpo de forma harmoniosa, corrigir as más posturas, devolver a vitalidade física e estimular o espírito e o crescimento... É uma abordagem que merece ser louvada! Mas não se fica por aqui! Para convencê-lo definitivamente a experimentar Pilates, a Domyos dá-lhe a conhecer todos os benefícios desta prática.

número-1

O QUE É O PILATES?

O Pilates é um método de reforço dos músculos profundos, responsáveis pela sua postura. Os músculos profundos são os músculos do centro, localizados entre as costas e a bacia e em redor da coluna vertebral (abdominais, pavimento pélvico e músculos das costas). Constituem o centro energético do corpo, favorecendo o fortalecimento e a estabilidade. O Pilates é também uma prática que permite melhorar a consciência do seu corpo, da sua força e dos seus limites, para um melhor aproveitamento dos mesmos.

método Pilates
número 2

QUAIS OS GRANDES PRINCÍPIOS DESTA PRÁTICA?

A RESPIRAÇÃO É específica. Trata-se de uma respiração lateral torácica que permite utilizar melhor os pulmões (inspiração pelo nariz, expiração pela boca). A CONCENTRAÇÃO Há que tomar consciência de cada movimento e da sua execução, para efetuar cada exercício da melhor forma possível. A CENTRAGEM Todos os movimentos devem partir do centro energético do corpo, da cintura abdominal. O CONTROLO Há que controlar cada movimento associando-lhe respiração e espírito. É preciso estar plenamente consciente do seu corpo para controlar cada postura e cada gesto e para senti-lo profundamente. A FLUIDEZ  Os movimentos são fluidos e efetuados com uma certa graça, para conferir todo o equilíbrio à harmonia esperada com a prática destes exercícios. A PRECISÃO Há que procurar a qualidade de execução do movimento e não a quantidade. Os gestos realizados devem ser minuciosamente estudados para que tenham uma influência real na sua musculatura.

número 3

QUAIS SÃO OS BENEFÍCIOS DO PILATES?

"Após 10 sessões, sentirá a diferença. Após 20 sessões, verá a diferença. E após 30 sessões, terá um corpo novo!" uma promessa de Joseph Pilates, criador do método que conta com inúmeros benefícios. 

Melhoria da postura e reforço dos músculos profundos: as dores de costas desaparecem, a barriga alisa-se, o corpo fortalece-se e adquire flexibilidade.

Melhoria e maior controlo dos gestos desportivos.

Flexibilização dos músculos motores (músculos superficiais, por ex: os isquiotibiais, parte posterior das coxas, o psoas, flexor da anca...).

Melhoria da amplitude articular, da força, da resistência e da potência muscular.

Proteger os órgãos internos.

Favorecer a circulação sanguínea.

Diminuir os riscos de lesões ou de desequilíbrio muscular.

Desenvolver a musculatura de forma harmoniosa.

número 4

QUAIS SÃO OS DIFERENTES TIPOS DE PILATES?

Desde a criação do método por Joseph Pilates, foram aparecendo outras variantes. Eis 3 abordagens diferentes que poderá igualmente experimentar:

O STOTT PILATES

Método muito suave e acessível a todos, permitindo manter a forma física e treinar durante toda a vida. Associa alongamentos, exercícios respiratórios e ginástica suave.

O PILATES POWER

Método de treino do corpo, estimulando o espírito, realizado com equipamentos de pequena dimensão (bola, elástico, aro, rolo de espuma…).

O YOGA PILATES

Trata-se de uma combinação de Yoga e Pilates em que são simultaneamente trabalhadas a flexibilidade e a forma, solicitando uma respiração lenta e controlada ao longo dos exercícios.

pilates em casa
número 5

PARA QUEM?

As aulas de Pilates destinam-se a todas as pessoas pois os exercícios, apesar de exigentes, não são violentos, nem traumatizantes para o corpo. Assim, tanto mulheres como homens, desportistas ou não, idosos, pessoas lesionadas ou em convalescença, indivíduos stressados, cansados ou com rigidez muscular e mulheres grávidas ou em recuperação pós-parto podem praticar Pilates, pois este método é progressivo (em caso de dúvida, não hesite em pedir o parecer de um profissional de saúde). Os exercícios podem ser adaptados em função do nível, das necessidades de cada um e das eventuais patologias.   A que ritmo será necessário praticar para obter resultados eficazes? O Pilates é uma prática suave, a praticar sem moderação. Como qualquer atividade física, deve ser praticada todas as semanas e, para ser eficaz, ao longo de todo o ano. O nosso conselho: realize 2 ou 3 sessões de Pilates por semana, em função da sua idade e do seu objetivo.

ESTES CONSELHOS PODEM INTERESSÁ-LO

VOLTAR PARA O TOPO