EQUITAÇÃO: QUE EQUIPAMENTO USAR PARA A INICIAÇÃO?

As pessoas que se iniciam na equitação não devem necessariamente investir em equipamentos próprios para o cavalo. O centro equestre possui geralmente o material de limpeza e o equipamento necessário para montar a cavalo: suadouro, sela, cabeçada, …

O equipamento do cavaleiro é muito específico. Deve assegurar o seu conforto e segurança durante a prática.
Inclui elementos indispensáveis

número 1

TOQUE DE EQUITAÇÃO:

É o elemento indispensável para a segurança do cavaleiro! Em todos os clubes equestres é obrigatório o uso de toque de equitação, que protegerá a cabeça do cavaleiro em caso de queda. Para assegurar uma boa proteção, o toque deverá obedecer às normas nacionais de segurança vigentes e ficar bem ajustado à cabeça. Alguns centros equestres emprestam toques, mas, por razões de higiene e segurança, é recomendável ter o seu próprio toque.

Atenção: em caso de queda, o toque deverá ser substituído, pois poderá estar danificado no seu interior sem que isso seja visível no seu exterior. É uma prática bastante normal nos motociclistas que substituem o capacete depois de uma queda.

número 2

COLETE DE PROTEÇÃO:

Não é um elemento obrigatório (salvo em provas de concurso completo), mas é cada vez mais utilizado por jovens cavaleiros e cavaleiros mais experientes. Em caso de queda, amortece os impactos na coluna vertebral e nos flancos. Os coletes de proteção devem obedecer à norma europeia EN 13158 2009 (Classe 2) atualmente em vigor.

número 3

CALÇAS DE EQUITAÇÃO:

Basta montar durante um quarto de hora para perceber a importância das calças de equitação. Com elas, sentirá rapidamente uma sensação de aquecimento. As calças de equitação devem ser justas para evitar que as pregas possam irritar a pele do cavaleiro. Possuem um reforço no interior dos joelhos para mitigar os efeitos das fricções da perna com a sela. O seu material deve ser confortável, elástico, robusto e de fácil manutenção.

número 4

BOTAS DE EQUITAÇÃO OU BOTINS E POLAINAS:

As botas de equitação possuem um cano muito alto (até aos joelhos) face a uma bota clássica cujo cano vai até ao meio da barriga da perna. As botas limitam os efeitos das fricções da barriga da perna com a sela e dispõem de um calcanhar que impede o pé de penetrar demasiado no estribo e ficar preso. As botas poderão ser substituídas por uns botins conjugados com umas polainas.

número 5

LUVAS:

Embora não sendo obrigatórias, aconselha-se vivamente o seu uso com vista a limitar as fricções das rédeas nas mãos e manter as mãos quentes em dias de muito frio. Deverão ser maleáveis a fim de manter um bom contacto com as rédeas e o cavalo.

Dicas

Existem toques de equitação ajustáveis e toques de tamanho fixo. Para saber como escolher o seu toque, consulte a nossa ficha de recomendações: Escolher corretamente o seu toque de equitação

No caso das botas de equitação, convém escolher um número acima para poder usar um par de meias grossas no inverno

ESTES CONSELHOS PODEM INTERESSÁ-LO 

VOLTAR PARA O TOPO