apto

CONHECER AS REGRAS DO TRIATLO

Aí está, o dia D está perto! Irá por fim encher-se de novas sensações, as da descoberta do triplo esforço em competição. Está a treinar no duro há várias semanas, ou mesmo meses, para o seu primeiro Triatlo. Todos os indicadores estão verdes, o seu fato só pede para deslizar na água, as rodas da sua bicicleta estão em pulgas e o seu calçado anda às voltas no chão. Mas tem a certeza que não se esqueceu de um pequeno detalhe? Sim, falo das regras do Triatlo. Conhece-as bem?

Pois é, como em qualquer desporto regido por uma federação, as competições de triatlo são enquadradas por regras bem definidas, que se devem conhecer para que a corrida seja um bom momento para todos os participantes e organizadores.

Ao longo deste artigo irei indicar as principais regras que irá encontrar nas suas competições de Triatlo. Atenção que elas são determinadas pela Federação Francesa de Triatlo, bem como pelos organizadores, logo por pessoas que têm um conhecimento total sobre os três desportos. Estas regras baseiam-se maioritariamente na segurança e frequentemente são questões de bom senso. Numa primeira fase, vamos conhecer as regras que dizem respeito à fase antes da prova, depois iremos prosseguir para as que se aplicam durante a prova.

ANTES DA PROVA

A primeira etapa é ir buscar o seu dorsal. Para tal, tem de ter consigo uma licença de Triatlo. Se este não for o seu caso, irá precisar de um atestado médico certificando que não tem qualquer contraindicação para a prática de Triatlo em competição. Depois de ter o seu dorsal, deve colocar a sua bicicleta na zona de transição.

A entrada nesta zona faz-se com a presença de um árbitro que irá verificar a sua bicicleta e a sua conformidade à prática de triatlo. Nas provas onde está autorizado o drafting (beneficiar da aspiração de um concorrente), as bicicletas de contrarrelógio e os extensores longos não são admitidos.

Quando entra no parque para bicicletas, deve ter o seu capacete posto e o dorsal à cintura. Quando chegar ao seu local, organize-o, para não perturbar os outros participantes durante a prova. Se a organização fornecer caixas, use-as para guardar todo o seu material durante as transições.

Note que em algumas provas, depois de colocar o seu material nesta zona, não poderá voltar a aceder-lhe durante a prova. Não se esqueça de nada!

Relativamente à utilização de fato em neoprene, a organização irá informá-lo da temperatura da água. Se a água estiver abaixo dos 16 ºC, é obrigado a usar um fato, com uma espessura máxima de 5 mm. Entre 16 ºC e 24 ºC, pode escolher usar ou não o fato. Acima de 24,5 °C, a utilização do neoprene é interdita.

bik

DURANTE A PROVA

Não interessa o formato da sua prova e qual o seu nível; o respeito pelas regras é fundamental para que cada participante tenha as mesmas possibilidades de sucesso - afinal, mesmo que alguns estejam lá para ganhar, não nos devemos esquecer que, antes de mais, corremos todos pelo prazer, e sem regras a corrida não será tão agradável.

Como em qualquer competição, cada concorrente deve partir ao mesmo tempo, para partirem todos em pé de igualdade, e convém não esquecer que "não é por muito madrugar que o dia começa mais cedo”.

Durante a parte de natação, o drafting é autorizado, pelo que pode aproveitar da "onda" do nadador ao seu lado. Em contrapartida, mesmo se os contactos são frequentes, nomeadamente nas partidas em massa, o triatlo é um desporto de resistência e não um desporto de contacto; não é necessário lutar com o seu vizinho de natação, nem colar-se a ele. A sanção pode ser irrevogável…

Quando sair da água e entrar na zona de transição, respeite o sentido de circulação para aceder à sua bicicleta. É agora necessário realizar a sua transformação de nadador em ciclista. Lembre-se de não espalhar o seu material; se a organização fornecer sacos ou caixas, utilize-os, para que a zona fique limpa para a sua próxima transição.

Para montar na sua bicicleta, deve ter saído completamente da zona. Em geral, é marcada uma linha na saída; apenas depois de a transpor é que pode começar a girar as pernas.

É senso comum, mas não se esqueça de colocar o capacete ainda antes de pegar na sua bicicleta, tendo o cuidado de apertar bem a correia da jugular. O cansaço da natação e a excitação podem por vezes fazer-nos perder a cabeça, logo, um pequeno conselho: pouse o capacete no guiador, é a melhor forma de não se esquecer dele!

Durante o percurso de bicicleta, lembre-se de colocar o seu dorsal nas costas.

trans

De acordo com o formato da prova, o drafting pode ser autorizado ou interdito.

Não se preocupe, está tudo bem indicado no regulamento que recebeu juntamente com o dorsal. Nos formatos XS/S/M, o drafting é frequentemente autorizado, pelo que pode rolar em pelotão com o resto dos participantes. Em contrapartida, nos formatos L/XL/XXL, o drafting é frequentemente interdito, o que permite aumentar a dificuldade da prova e reduzir os riscos de acidentes associados à presença de bicicletas de contrarrelógio, que não permitem uma visibilidade tão boa devido à posição aerodinâmica que os participantes se esforçam por manter durante horas. Quando o drafting é proibido, deve respeitar as distâncias aos concorrentes, 12 metros atrás e 3 metros na lateral. Se desejar fazer uma ultrapassagem, deve efetuá-la o mais rapidamente possível, para que não seja considerada drafting. Se estiver a ser ultrapassado, diminua a cadência, para respeitar os 12 metros de distância.

Quanto o percurso de bicicleta estiver terminado, será altura de atacar a última etapa: a corrida!

sol

Relativamente às regras, não precisa de se lembrar de muita coisa, exceto que o dorsal deve estar à frente. Atenção, durante as insolações não desça o fecho do fato abaixo do tórax, nem se ponha de tronco nu, os árbitros podem sancioná-lo.

No que respeita as ajudas externas, quer sejam materiais (placas, pull-boy, barbatanas, respiradouros, motor na bicicleta) ou não (coelho na corrida, dopagem), estas são formalmente interditas. De acordo com as instruções da prova, a única forma que ajuda que pode ser autorizada é o reabastecimento por outros que não a organização. Efetivamente, em algumas provas, durante o percurso de bicicleta pode beneficiar de um reabastecimento organizado pelo seu grupo.

Como vê, todas as regras que lhe indicámos são essencialmente regras de bom senso e de saber-viver, que nos permitem praticar o nosso desporto em boas condições e em segurança. Aprenda-as bem, para não ser surpreendido durante a sua primeira prova.

Agora que está atualizado quanto ao regulamento do triatlo, continue o seu treino, e boa sorte para as suas futuras provas!

cha

CHARLES

Desde sempre apaixonado pelo desporto, pratiquei desportos náuticos, como a natação e a vela de competição, durante 15 anos.

Sou vendedor na loja Decathlon de Scionzier, na Alta Saboia.

Sou agora praticante de triatlo amador. Este desporto permite-me conjugar a minha paixão pelo meio aquático com o meu gosto pelo esforço. Mais à vontade nas longas distâncias, os meus objetivos para a temporada 2020 são o Chtriman de Gravelines, o Mont-Blanc Man de Passy e o Ironman 70.3 de Marraquexe.

VOLTAR PARA O TOPO