COMO ESCOLHER UM CAPACETE DE BICICLETA?

De bicicleta, há muitos elementos de segurança úteis, ou até mesmo indispensáveis. O capacete de bicicleta não é obrigatório, mas usá-lo deve tornar-se regra, seja qual for a distância a percorrer. Eis alguns conselhos para escolher um capacete de bicicleta e para saber quando substituí-lo.

number_1

ESCOLHER UM CAPACETE DE BICICLETA

Os tamanhos dos capacetes estão indicados com uma inscrição (ex: "53-56 cm"), que corresponde à circunferência mínima e máxima da cabeça. Para saber o seu tamanho, basta medir o perímetro da sua cabeça. Para isso, coloque uma fita métrica flexível à volta da sua cabeça, ao nível da testa.

CAPACETE DE CRIANÇA

Escolher um capacete de criança passa, em primeiro lugar, por escolher bem o tamanho. Existem vários tamanhos, cosoante os diferentes modelos, dado o rápido crescimento das crianças.

UM CAPACETE PARA BICICLETA HÍBRIDA/DE CIDADE

Os capacetes para bicicleta híbrida e de cidade são relativamente redondos e contêm inúmeros orifícios de ventilação. Verifique se lhe é possível lavar o capacete por completo ou, pelo menos, as partes de espuma interiores amovíveis. Verifique se o capacete responde perfeitamente às normas que comprovam a qualidade do produto (norma CE)

UM CAPACETE DE BICICLETA DE ESTRADA

Depois de saber o perímetro da sua cabeça, só precisa de considerar algumas pequenas coisas: a existência de orifícios de ventilação, o modo de lavagem do capacete, as normas (norma CE que certifica a qualidade) e, eventualmente, o peso do capacete, caso pretenda um capacete muito leve. Devido ao seu design aerodinâmico, os capacetes das bicicletas de cidade são normalmente os mais leves.

velo_casque_vtt_btwin

UM CAPACETE BTT

Em caso de utilização convencional de uma BTT (passeio, cross-country), os capacetes de BTT assemelham-se bastante aos capacetes de bicicleta de cidade ou de estrada. Devem conter muitos orifícios de ventilação, ser certificados (normas) e relativamente leves. Os capacetes de BTT podem incluir pequenas viseiras que evitam a chuva (e, eventualmente, a luz solar) ou a projeção de lama.

UM CAPACETE BTT FREERIDE

Se praticar BTT a um nível mais avançado, com saltos, descida em montanha, etc., tem de usar um capacete adaptado, independentemente de ter um nível principiante ou experiente. O capacete integral (tipo motocross, mas mais leve) é muito interessante porque protege realmente toda a cabeça e o queixo em caso de queda. Nessas modalidades, as quedas poderão ser muito graves e violentas, pelo que se torna importante utilizar esse tipo de capacete.

UM CAPACETE BMX

Há dois tipos de capacetes adaptados à prática de BMX: o capacete integral (tipo motocross, que protege toda a cabeça) e o capacete tipo "tigela" que, tal como o nome indica, tem o aspeto de uma tigela. O capacete integral, apesar de proporcionar uma melhor proteção, poderá também ser mais incómodo (peso, visibilidade). É um capacete normalmente utilizado por praticantes de "BMX race" (corridas). O capacete tipo "tigela" é mais utilizado noutras modalidades de BMX (cidade, "skate-park").

velo_bmx_casque_integral_btwin
velo_bmx_casque_bol_btwin
number_2

USAR CORRETAMENTE O CAPACETE DE BICICLETA

O capacete deve envolver bem a cabeça e não deve haver espaços livres e folgas entre a cabeça e o capacete. Deve estar bem direito e cobrir tanto a parte superior da testa (alguns centímetros acima das sobrancelhas), como a parte de trás da cabeça. Em caso de embate para trás, só o capacete de bicicleta deverá tocar no solo.

A correia não deverá estar demasiado apertada (deverá poder virar a cabeça sem dificuldade), nem demasiado solta (a correia nunca deverá passar por cima do queixo). Para assegurar a boa colocação do capacete, vire a cabeça da esquerda para a direita e, depois, acene com a cabeça de cima para baixo: o capacete e a correia não deverão mexer-se nem incomodar.

number_3

EM QUE ALTURA SE DEVE SUBSTITUIR O CAPACETE DE BICICLETA?

EM CASO DE CHOQUE

O capacete está preparado para proteger a cabeça contra um único embate. É essencial substituir o capacete logo que sofra um primeiro embate. Ao cair, mesmo que o capacete não apresente danos visíveis, poderá estar fragilizado e rachado em locais não visíveis. Poderá ser muito perigoso circular com um capacete que tenha sido sujeito a um embate, dado que esse deixou de desempenhar a sua função protetora.

DETERIORAÇÃO VISÍVEL

Se detetar uma deterioração no capacete de bicicleta (pequenas rachas, correias que se arrancam, elementos que se descolam, etc.), deverá substituir o capacete. Apenas um capacete em bom estado poderá protegê-lo com eficácia.

APÓS ALGUNS ANOS

Em função da sua prática e do número de saídas, é aconselhável substituir o capacete quando este estiver demasiado velho (ao fim de 5 anos se considerar que ele está em boas condições). Um capacete demasiado velho poderá conter elementos e materiais que envelhecem mais rapidamente do que outros, sobretudo se o capacete for guardado num local frio e/ou húmido.

MUDANÇA DE MODALIDADE

Se quiser passar para uma modalidade de bicicleta diferente daquela que já pratica, necessitará de um capacete diferente mais adequado a essa nova prática. (Exemplo: passagem de BMX para "freeride", passagem do ciclismo de estrada para BTT)

OUTROS MOTIVOS POSSÍVEIS

Há muitos outros motivos: o mero desejo de mudar, o desejo de ter um capacete de bicicleta mais leve, com melhor design, mais ventilado, etc.

velo_different_casque_btwin
number_4

VÍCIOS A NÃO ADOTAR

COLOCAR O CAPACETE SEM O PRENDER

Se colocar o capacete na cabeça sem o prender, isso inutiliza a sua função. Em caso de embate ou de queda, a sua cabeça não estará, de modo algum, protegida.

ANDAR DE BICICLETA SEM CAPACETE

Andar de bicicleta sem capacete não é obrigatório, mas é altamente recomendado.

Uma queda ou uma colisão, seja qual for o seu nível de prática, pode acontecer a qualquer pessoa, seja ela de nível principiante ou experiente. O capacete é um elemento de segurança não negligenciável que pode evitar-lhe graves sequelas ou, simplesmente, salvar-lhe a vida. Independentemente do percurso em qualquer tipo de estrada ou caminho, utilize-o!

TER UM CAPACETE DEMASIADO GRANDE OU MAL APERTADO

Um capacete de bicicleta demasiado grande perde toda a sua eficácia. Um eventual impacto não será distribuído por todo o capacete e poderá causar mazelas graves. Um capacete mal apertado poderá ser bastante perigoso, pois poderá estrangular a pessoa ou feri-la com gravidade.

USAR UM CAPACETE DE BICICLETA PARA OUTRA FINALIDADE

Um capacete de bicicleta está concebido exclusivamente para a prática de bicicleta. É proibido usar este tipo de capacete nos desportos mecânicos (moto, por exemplo). De igual modo, o capacete integral do BMX ou do BTT Freeride não está concebido nem certificado para a prática de moto ou de outra modalidade que não a bicicleta.

VOLTAR PARA O TOPO