COMO ESCOLHER UMA JARDINEIRA E CASACO DE VELA?

A escolha do casaco e da jardineira de vela ou do casaco três quartos é importante para manter o corpo seco, proteger-se do frio, preservar uma boa capacidade de movimentos e manter-se seguro. De facto, a escolha do seu vestuário depende de vários critérios: as vantagens procuradas e o tipo de navegação, que são específicos de cada um.

número 1

AS VANTAGENS DE UM VESTUÁRIO DE VELA

As diferentes vantagens que definem a qualidade de um casaco três quartos e de uma jardineira são sensivelmente as mesmas:

A impermeabilidade

Apresenta-se sob diferentes níveis: no componente e na organização do vestuário. 

No componente, procurar-se-á que tenha uma forte resistência para não deixar a água impregnar-se quando cair em cima. Quanto à organização, procurar-se-á assegurar que as extremidades são ajustáveis, ou seja, nos tornozelos e na cintura para a jardineira, nas mangas, gola, capuz e na parte inferior do casaco. Estes ajustes permitem manter as extremidades mais perto do corpo, limitando as entradas de água.

A respirabilidade

Diz essencialmente respeito ao componente do vestuário. O seu objetivo é eliminar a transpiração durante o esforço, mantendo o calor.

Existem diversas tecnologias de componentes e diferentes tipos. Partindo do menos para o mais eficiente: o primeiro é o sistema uma camada sem membrana, o segundo é o sistema duas camadas com uma membrana e o terceiro é o sistema três camadas com uma membrana. Uma membrana é uma película ultrafina comportando um multidão de poros mais pequenos do que as moléculas de água mas maiores do que as moléculas de vapor de água. Estas propriedades permitem eliminar o vapor de água e ao mesmo tempo bloquear a entrada de água em estado líquido. 

O conforto

Depende da organização do casaco, uma gola subida, forrado polar e ajustável permite proteger do vento, o forro é um fator de calor. Pode estar presente soba forma de bolsos para poder aquecer as mãos.

Pontos de reforços nos pontos de contacto permitem reduzir o desgaste do seu equipamento. Em complemento destes pontos de reforços, existem proteções antichoques na zona dos joelhos para maior conforto.
Os ajustes do capuz permitem não criar incómodos quando ao campo de visão. Para além destes ajustes, uma goteira em torno da pala do capuz é uma vantagem em caso de chuva, impedindo que esta caia pela cara abaixo, fenómeno potencialmente desagradável. Ajustes ao nível da cintura para a jardineira, serão mais um elemento a acrescentar ao seu conforto.

O peso do equipamento é também um fator de conforto, deve ser o mais leve possível.

A segurança

Último critério mas não de menos importância, a segurança é um elemento essencial na prática da vela e deve estar presente nos casacos. Em caso de queda dentro de água, deve manter-se visível.

Daí ser importante que o casaco tenha um capuz fluorescente e faixas retrorrefletoras nos ombros e na parte superior das costas.

jardineira-homem-preto-tribord
jardineira-homem-cinzento-tribord
number_2

O TIPO DE NAVEGAÇÃO

Em função da sua prática e a duração das saídas, as necessidades com respeito ao seu vestuário de vela podem variar:

NAVEGAÇÃO COSTEIRA

Sai para o mar apenas por um dia e regressa ao porto à noite?  As suas necessidades em termos de impermeabilidade serão importantes mas menores no que diz respeito à respirabilidade. Terá sobretudo necessidade de se proteger do vento e da chuva.

Casaco ou blusão, jardineira ou calças, é livre de escolher em função dos seus hábitos ou preferências porque é uma questão de conforto na navegação.

NAVEGAÇÃO AO LARGO - REGATAS & CRUZEIROS

Quer pratique regata ou cabotagem, terá que navegar com tempo de chuva sem estar muito afastado do porto para se abrigar em caso de condições meteorológicas extremas. As necessidades em matéria de impermeabilidade serão as mesmas para a prática desportiva e o cruzeiro entre amigos.

Durante as regatas vai transpirar, é por isso importante que os componentes do seu vestuário sejam respiráveis. O blusão é recomendado porque proporciona uma proteção contra o vento muito confortável, permite uma grande estanqueidade no pescoço e os manguitos duplos em neoprene impedem as entradas de água pelas mangas. O seu peso será inferior ao de um casaco, por isso o blusão parece estar muito adaptado à prática desportiva.

Para um cruzeiro, vestir um casaco de vela será suficiente.

Nos dois casos, precisará de uma jardineira leve mas com proteções na zona dos joelhos que se tornarão frequentemente os seus pontos de apoio. 

NAVEGAÇÃO AO LARGO
jardineira-mulher-tribord

Skipper experiente, navega durante varias semanas, dorme a bordo em pleno mar e em caso de tempestade dirigir-se a um porto será tarefa impossível, por isso deverá enfrentar as más condições meteorológicas.

Em caso de muito sol, precisa de um casaco e de uma jardineira muito respiráveis, mas também impermeável para proteger-se dos salpicos de água e também do vento.
Precisará de um material muito impermeável, muito respirável com uma boa proteção contra o vento, confortável e que assegure a sua segurança. Em suma, casacos e jardineiras de gama alta.

Em suma, quanto mais longe e mais tempo navegar mais terá que investir numa gama superior e mais técnica!

VOLTAR PARA O TOPO