O PESO

Trata-se de um critério chave. Quanto mais leve for o seu bastão, mais será manejável e menos energia gastará. É a matéria que o compõe que irá determinar o seu peso.~Para uma prática ocasional e até regular, um bastão de alumínio será suficiente, quando par caminhadas mais intensivas ou caso procure um bastão rígido e leve, escolha antes o carbono.

Como escolher os seus bastões de caminhada?

O NÚMERO DE HASTES

Chamamos haste ao número de partes que compõem o bastão.

Quantas mais hastes tem um bastão, mais é compacto quando dobrado.

Em regra geral, poderá escolher entre 2 ou 3 hastes. É o comprimento dobrado do bastão que impõe o seu armazenamento ou arrumação que irá condicionar a sua seleção.~Para as caminhadas com múltiplas passagens que necessitem amarrar os seus bastões à mochila, como por exemplo passagens de escadas, privilegie os bastões com 3 hastes.

Como escolher os seus bastões de caminhada?

O SISTEMA DE AJUSTE

Essencial para garantir um bastão adaptado ao seu tamanho e ao terreno no qual caminha, este critério é muito importante. Existem dois sistemas de ajuste.

O clip, também chamado bloqueador externo, é mais fácil e mais rápido para manipular. Traz também mais segurança pois pode ver muito rapidamente se o seu bastão está bem bloqueado.~No que diz respeito ao parafuso, sistema de ajuste interno, é mais difícil de manusear num primeiro momento, mas é mais leve. Tenderá a querer apertar muito o parafuso para que não se desaperte mas não deverá apertá-lo em excesso, utilizando ferramentas por exemplo, pois corre o risco de não a poder desapertar mais depois.

Como escolher os seus bastões de caminhada?

A PEGA

Interesse-se primeiramente pela matéria do cabo. O plástico tem a vantagem de ser mais barato e muito rígido. Adequa-se para uma utilização ocasional ou até mesmo regular, pois continua bastante pesado e o seu conforto não é ótimo caso as suas mãos transpirem. A espuma, um pouco mais macia, assim como a cortiça, serão mais adaptados caso caminhe de forma regular ou intensiva. Estes modelos absorvem o suor e garantem então uma boa preensibilidade apesar da transpiração. Deverá, em contrapartida, ser cuidadoso no seu local de arrumação. Caso deixe os seus bastões na garagem por exemplo, os ratos poderiam roer os cabos de espuma ou cortiça por exemplo. Em paralelo com a matéria, o formato do cabo também incide no seu conforto. Existem modelos a direito e outros mais ou menos lisos, e outros mais ergonómicos onde o formato da mão foi moldado para uma melhor preensibilidade. Por fim, em alguns bastões, encontrará mangas, também chamadas grips, colocadas mesmo por baixo do cabo principal e alongando este último. Permitem várias posições da mão e tornam-se úteis quando caminha em inclinação.

Como escolher os seus bastões de caminhada?

AS CORREIAS

As correias têm duas funções.~- A primeira:  Permitir-lhe-á não perder os seus bastões ou não pousá-los sempre que precisa de pegar numa garrafa de água ou na sua máquina fotográfica.~- A segunda: dar-lhe-á um apoio dinâmico para utilizar devidamente os seus bastões. Assim, cansa-se menos e alivia as suas mãos. Encontrará talvez alguns modelos com dragonas acolchoadas, isto sempre na ótica de um melhor conforto. Quanto à largura da dragona, mais esta é larga mais o apoio será importante. Por fim, alguns modelos de gama média e alta possuem um sistema de clips que lhe permite ajustar num instante o tamanho da correia, bem mais fácil e rápido que com uma fivela de ajuste standard.

Como escolher os seus bastões de caminhada?

A PONTA

Encontramos atualmente duas matérias no mercado: as pontas de aço, que constituem um primeiro preço resistente mas que se desgastam rapidamente e as pontas de tungsténio (tipo de mineral) mais resistente e que dura mais tempo. Por outras palavras, é a intensidade da sua utilização assim como a tipologia do terreno que irão condicionar a escolha da sua ponta.

Como escolher os seus bastões de caminhada?

O DISCO

Aqui, a estação tem um impacto no seu equipamento.Para caminhar no verão, na relva, caminhos de terra, rocha ou pedras, escolha um disco de tamanho pequeno.E quando chega o inverno, prefira um disco de tamanho maior para evitar que se afunde muito facilmente caso o terreno esteja móvel, como a neve fresca por exemplo.Os discos podem ser trocados, o que lhe permite ter os mesmos bastões no verão e no inverno. Não aconselhamos discos muito grandes no verão pois tendem a ficar presos nas pedras e pode cair por causa disso.

trekking pratice

Por fim, aquando das suas pesquisas e para comparar corretamente os preços, verifique se os bastões são vendidos à unidade ou por par! 
Boa caminhada!

DESCUBRA OS NOSSOS MELHORES CONSELHOS