windsurf-tribord-arnês

Como escolher o arnês de windsurf?

Muito acessível, o windsurf consiste em deslizar em cima da água, empurrado pelo vento. O material proposto é adequado tanto para se iniciar como para aperfeiçoamento para uma progressão e sensações garantidas!

A escolha de um arnês de windsurf é feita segundo 3 critérios: o seu nível, a sua prática e o seu calibre.

Em função do nível

O arnês destina-se a transferir os esforços de tração exercidos pela vela para a bacia, para aliviar os braços e assegurar um bom suporte das costas e da zona lombar do desportista. Quanto mais horas passar a navegar, mais importante será escolher um arnês confortável e com um ótimo suporte.

Arnês cinto

Arnês cinto

Para se iniciar ao arnês, o arnês cinto é o ideal. Coloca-se à volta da cintura (sem correais) dispõe de um gancho colocado bastante alto, que permite desprender-se facilmente. Os modelos são mais ou menos rígidos.

Arnês calções

Arnês calções

Para um aperfeiçoamento, o arnês calção com correias permite uma tração numa posição mais sentada, o suporte é feito ao nível dos glúteos e o gancho esta posicionado relativamente baixo (mais perto do centro de gravidade do praticante).

Em função do seu tipo de prática

Arnês calções

O arnês calção é utilizado para long boards, em slalom Race ou em freeride, associado a velas mais potentes. O gancho está posicionado em baixo.

Arnês de cinto

Sem correias, o arnês cinto é utilizado no funboard ou com ondas. Está adaptado a velas menos potentes. A navegação será mais direita.

Em função do calibre

Arnês PAV

A escolha do arnês é feita em função do seu calibre. Tenha em atenção que existem diferentes tamanhos : S, M, L. É essencial respeitá-los e perder algum tempo para experimentar, afim de assegurar que o arnês é eficaz e confortável.

Extremidades do arnês

É igualmente importante de bem escolher as extremidades do arnês que ligam o arnês ao aparelho. Existem vários tamanhos de extremidades: 24 cm, 26 cm, 28 cm. Para a sua iniciação com o arnês, utilize extremidades mais compridas e vá reduzindo o comprimento com a sua experiência. Após várias navegações, conseguirá ajustar as extremidades como mais lhe convier (+ ou - à frente na retranca e consoante a altura de fixação da retranca no mastro).