Para o treino diário, muitos praticantes de equitação preferem os botins às botas de equitação tradicionais. No entanto, deve ter em conta vários critérios para encontrar o par ideal: ambiente de prática, nível de prática, manutenção... Vamos ajudá-lo a escolher o modelo mais apropriado.

O AMBIENTE DE PRÁTICA

O ambiente de prática é um critério muito importante na escolha dos botins de equitação. Com efeito, deverá escolher modelos diferentes consoante pratique sobretudo em centros equestre ou, pelo contrário, sobretudo no exterior, em passeios ou saídas.

O nível de prática

O SUPORTE: ELÁSTICOS OU ATACADORES?

Embora todos os nossos modelos de botins sejam concebidos para serem fáceis de calçar e descalçar, distinguimos 2 soluções para garantir o apoio do tornozelo.

* botins com elásticos

Dotados de elásticos laterais, estes modelos são perfeitamente adequados para uma prática ocasional a regular, sendo mais fáceis de calçar.

* os botins com atacadores

Se procura botins mais justos ao tornozelo, os modelos com atacadores disponibilizam mais possibilidades de ajuste. Estão equipados com um fecho de correr, na parte de trás ou de lado, para que não precise de desatar os atacadores de cada vez que os calça. Mas atenção, estes fechos exigem um mínimo de manutenção para uma longa vida útil.

como escolher botins de equitação?
Como escolher botins de equitação?

Valérie

Chefe de produto Fouganza

Para evitar o desgaste ou até a rutura prematura dos fechos de correr dos seus botins de equitação, é essencial escová-los cuidadosamente após cada utilização a fim de evitar a acumulação de poeiras ou areia.