como escolher pontas de Ballet?

Os principais critérios que deves ter em conta para escolher o par de pontas mais indicado para ti são: o tamanho e a rigidez da sola.
Dentro destes critérios também existem funções importantes que podem-te ajudar a fazer uma escolha melhor das tuas sapatilhas como: o comprimento da gáspea, a largura e conforto de receção.

pontas ballet
Como escolher as pontas de dança?

Qual o tamanho indicado?

Para escolheres as tuas pontas, é importante que os teus dedos dos pés tenham um bom suporte mas sem ficarem apertados!
Ao escolher o tamanho certo e evitar ferimentos, lembra-te que os dedos do pé devem tocar ligeiramente na ponta das sapatilhas.
Caso os dedos dos pés toquem na ponta da sapatilha e sem ficarem esticados, é porque o tamanho é demasiado pequeno.
Caso os dedos dos pés tenham liberdade de movimento e a zona do calcanhar esteja solta, é porque o tamanho é demasiado grande. Se usares extremidades em silicone/espuma/algodão inseridas nas pontas para maior conforto, aconselhamos que escolhas um tamanho acima do teu tamanho habitual.

SABIAS QUE...
Num par de pontas, não há marcação, não tem pé direito nem pé esquerdo. Deves decidir qual é a sapatilha que queres usar e em qual pé queres utilizar.

A rigidez da sola deve...

Adaptar-se à força do teu tornozelo.
A sola não deve ser: nem demasiado maleável - quando sobes em pontas, os teus pés não devem avançar demasiado, nem demasiado rígida - quando sobes em pontas, a sola não acompanha o peito do pé, o que não permite efetuar uma curva correta e a subida em pontas deixa de ser possível de realizar.

ATENÇÃO, o tornozelo deve estar suficientemente musculado para a utilização de pontas. A utilização e a prática devem ser recomendadas e autorizadas pelo professor/a de dança.

Como escolher as pontas de dança?

como testar as minhas pontas?

1º Passo: Senta-te, enfia as pontas e depois enrola as fitas em redor do tornozelo. O elástico deve ser cosido depois de adaptado ao perímetro do teu tornozelo e em função da medida do teu peito do pé.
2º Passo: Coloca-te de pé e em pontas e vai alternando os pés, para avaliar a rigidez da sola em relação ao teu tornozelo.

Como escolher as pontas de dança?

comprimento da gáspea

A gáspea corresponde à altura da parte superior da sapatilha (desde a plataforma até à fita de aperto das pontas) e é onde os teus dedos dos pés ficam apoiados.
Se for demasiado comprida para o pé, vai impedir de subir corretamente sobre a plataforma da ponta e bloqueia a passagem pela posição de meia-ponta. 
Assegure-te que escolhes a sapatilha em função da morfologia do teu pé e do comprimento do dedo grande do pé!

Uma sapatilha adequada, com a largura e resistência correta, pode ajudar bastante na execução dos movimentos em pontas.

a largura das sapatilhas

Nos modelos de pontas geralmente existem disponíveis em diferentes larguras: caixa estreita, caixa média e caixa larga. Para encontrar a sapatilha mais adequada, faz o teste seguinte: quando passares de meia-ponta para ponta, se sentires que está demasiado apertado ao nível da articulação da meia-ponta, significa que a largura é demasiado pequena; caso contrário, se o teu pé estiver demasiado à larga dentro da sapatilha, é melhor optares por um modelo mais estreito.

Como escolher as pontas de dança?

conforto de receção

Afim de evitar que tenhas que recorrer a uma proteção na ponta da sapatilha, alguns modelos já estão equipados com uma ponta especial. O pequeno extra que permite aliviar a dor no exercício de pontas.

Como escolher as pontas de dança?