COMO ESCOLHER ROUPA DE DANÇA URBANA

Está a lançar-se na prática de dança urbana? Nesse caso, no que toca ao equipamento, tenho um conselho para si: escolha algo de que goste!

cc tamanho roupa dança urbana

Ao contrário da dança clássica, que impõe códigos de indumentária bastante rigorosos e que os professores geralmente recomendam, a dança urbana dá total liberdade aos praticantes na escolha da roupa.

E você, pratica a dança urbana? Que roupa escolheu? Quais as suas dicas para se sentir bem? Qual é o seu estilo? Aguardamos as suas ideias e testemunhos!

cc roupa dança urbana

Adeptos do freestyle

Tem vontade de dançar de smoking como os lockers? Um brinde ao seu fato completo de três peças. 
Quer lançar-se em batalhas de fato-de-treino bem grosso? É evidentemente permitido. E até recomendado. 
A ideia é simplesmente a de se sentir à vontade e bem na roupa que veste para praticar hip hop, breakdance, popping, waacking…

Revele a sua personalidade!

Devemos sobretudo escolher uma roupa em que nos sintamos nós mesmos”, refere Charlène Terrier, totalmente a par das modas neste campo, embaixadora e praticante de dança clássica, moderna e urbana. 
Na cultura da dança urbana, a atitude é importante: tem um código de movimentos e de passos, mas os praticantes devem expressar uma parte da sua personalidade naquilo que fazem. E a roupa deve acompanhar, deve dizer alguma coisa sobre eles.” 
Se o conforto for importante na escolha, selecione roupa à sua medida: tal como os seus movimentos de dança, a roupa permitirá que se expresse e que se revele plenamente no contexto da prática!

cc tamanho roupa dança urbana
cc roupa dança urbana

Fato-de-treino justo, largo e grande

De repente, admitimos, é como se não houvesse limites. Não deixámos no entanto de pedir a Charlène que fornecesse duas ou três pistas para quem pretenda lançar-se na aventura e que não conheça grande coisa sobre os usos e costumes da disciplina, importada dos EUA. “É verdade que, regra geral, os praticantes adotam um visual um pouco masculino. Na sua origem, as danças urbanas eram uma forma de confronto entre grupos rivais de alguns bairros. Em vez de lutarem, mediam forças através da dança.” Assim são mais simpáticas, as pequenas disputas… 
Os fatos-de-treino e as T-shirts largas podem assim ser perfeitamente adequadas. Geralmente, mas uma vez mais é uma questão de gosto e sensibilidade, procuramos misturar uma parte de cima larga com uma parte de baixo mais justa, ou vice-versa.” 
Assim, de acordo com gosto de cada um, os praticantes podem optar tanto pelas calças baggy como pelas calças-cenoura. Largas ou justas, a cada um o seu estilo...

Total liberdade de cores

Assim sendo, pode optar por leggings, sweat de algodão, colete de manga curta, parte de cima de manga comprida, calças de fato-de-treino… Bem, compreendeu a ideia, é amplo o leque de escolha. E ainda não abordámos a questão das cores. Porque aqui, uma vez mais, cada um faz como entender… “Se tiver vontade de dançar só de amarelo, ninguém o poderá impedir!”, sorri Charlène. Preto, cores vivas, espampanantes… Combine as peças de roupa como lhe parecer melhor. 
Como já dissemos, o essencial é que se sinta bem!

cc tamanho roupa dança urbana
dança urbana

Sem meias, mas sim sapatilhas!

Conseguimos ainda assim encontrar um pequeno elemento obrigatório (enfim, quase): as danças urbanas não se praticam geralmente com meias nem sapatos de dança. Assim sendo, deverá optar por um par de sapatilhas. “Deve escolher-se um modelo relativamente flexível, já que o pé trabalha muito nos encadeamentos. O calçado não pode ser demasiado rígido… Depois, altas ou baixas, fica uma vez mais à escolha do praticante, de acordo com o seu estilo e o conforto que sentir.”

Ou seja, já percebeu, pode dar verdadeiramente largas à sua imaginação ao escolher a roupa de dança urbana. Resumidamente, sinta-se bem, para seu benefício e à sua vontade. É esse o principal objetivo! Misture os tecidos e as cores e crie o seu próprio estilo; a prática permite fazê-lo e até o recomenda. É a ocasião perfeita!