Quer se trate de pesca em água salgada ou em água doce, da pesca de predadores ou de peixes de carne branca, a escolha da boia depende sobretudo da força da corrente.

A FORÇA DA CORRENTE

OS DIFERENTES TIPOS DE BOIA

A escolha da boia faz-se também pela prática.

1 Pesca à inglesa: As boias com corpo oblongo são as mais adequadas à pesca de curta distância, enquanto as boias robustas se adeqúam mais a pescas de longa distância. Algumas boias são vendidas com pré-lastro modulável para se adaptarem mais facilmente à configuração dos locais de pesca.

2 Pesca direta: Uma boia com antena fina é mais sensível mas menos visível do que uma boia com antena larga.

3 Pesca de predadores / pesca no mar: Para as boias cuja haste da boia é oca, deverá utilizar um “bloqueador de boia” ou um “Stop-Float” para regular a profundidade da sua montagem. Certifique-se de que o “Stop-Float” se encontra suficientemente largo para bloquear a subida da boia.

boia de pesca inglesa