BTT COM SUSPENSÃO TOTAL OU SEMIRRÍGIDA?

A escolha entre uma BTT com suspensão total e uma BTT semirrígida deve basear-se na prática e nas tuas necessidades.

BTT com suspensão total ou semirrígida

UMA FORQUETA RÍGIDA OU COM SUSPENSÃO?

A vantagem de uma forqueta rígida é o seu desempenho em estrada, o peso e o preço. Em estrada, a energia será transmitida diretamente à roda, sem interferência da suspensão. A redução de peso será também interessante e o preço será inferior. A desvantagem será o nível básico de conforto. Assumindo que o BTT é praticado fora de estrada, a suspensão será normalmente recomendada. Será sinónimo de conforto e eficácia. Amortecerá as irregularidades da estrada proporcionando maior aderência. Esta solução proporciona um peso suplementar, embora permita prolongar os treinos mantendo o conforto.

BTT semirrígida

QUADRO RÍGIDO OU COM SUSPENSÃO?

Um quadro rígido é suficiente para a maior parte dos utilizadores de BTT. Este permite aliar peso e eficácia, tornando-se o equipamento ideal para a maioria dos caminhos e trilhos. A menos que treine em montanha ou terrenos com pedras, o quadro rígido será o ideal para uma prática ocasional.

O quadro de suspensão total proporcionará maior conforto, mas será, no caso das bicicletas de lazer, sinónimo de desperdício de energia. Efetivamente, a suspensão irá absorver parte da energia ao comprimir-se durante a pedalada. Além disso, as BTT "full suspension" são mais dispendiosas, apesar de terem uma qualidade de componentes semelhante. O quadro de suspensão total tem ainda assim algumas vantagens, em particular nos terrenos acidentados, onde proporcionará maior conforto. A BTT de suspensão total exigirá também uma manutenção mais assídua.

A pergunta a colocar-se terá portanto mais a ver com o tipo de pistas e caminhos que costuma frequentar. A BTT rígida com suspensão dianteira deverá satisfazer a maioria dos praticantes de BTT. A BTT de suspensão total é indicada para os praticantes mais avançados.

BTT de suspensão total